Tomar | Equipa brasileira grava filme promocional sobre a cidade templária (c/vídeo)

Simpatia, desenvoltura e muito entusiamo. Assim se define o estado de espírito da equipa brasileira do “Studio Eureka” que se encontra durante esta semana em Tomar a gravar cenas para um filme promocional sobre a cidade templária. Marco Calábria, Bruno Calanca Nishino (realizadores) e Leandro Miranda (diretor de fotografia) aceitaram o desafio da Centro de Portugal Film Commission e lançaram-se à descoberta da região centro.

O trio chegou a Tomar poucos dias depois de triunfarem no Festival ART&TUR, em Leiria, onde arrecadaram o primeiro lugar com o filme “Inside”, uma película promocional sobre as Aldeias do Xisto e Aldeias Históricas de Portugal, com a participação da atriz Mariana Castelo Branco.

O convite, que partiu da Centro de Portugal Film Commission, visa colocar a cidade dos Templários no itinerário turístico dos visitantes brasileiros, principalmente daqueles que visitam Fátima. Numa parceria entre o Estúdio Eureka, o Município de Tomar, o Hotel dos Templários e o Centro Film Comission, os três elementos desta equipa têm-se desdobrado em filmagens no interior do Hotel dos Templários e exterior para depois chegarem ao resultado idealizado. Todo este trabalho é feito de forma graciosa por esta equipa, que pretende ganhar experiência, conhecimentos e aumentar o seu portfólio de trabalhos.

PUB

Marco Calábria, Leandro Miranda e Bruno Calanca Nishino ( da esq. para a dir.) aceitaram o convite da Centro de Portugal Film Commission e estão em Tomar a gravar um filme promocional Foto: mediotejo.net

“O objetivo do filme que estamos a fazer em Tomar é promover e fomentar o turismo desta cidade, mostrando ao mundo tudo o que de grandioso existe numa cidade tão pequena. Temos a sorte de ter a Centro de Portugal Film Commission como parceira”, refere Marco Calábria, revelando que vão ser filmados, estrategicamente, lugares de interesse turístico, como o Património Histórico (Convento de Cristo), detalhes da arquitetura da cidade, o quotidiano do centro histórico, gastronomia, infra-estrutura hoteleira (Hotel dos Templários), a escadaria Nossa Senhora da Piedade, aqueduto, a Mata dos 7 Montes, o Museu dos Fósforos, a ponte do Rio Zêzere e outros lugares.

Marco Calábria disse ao mediotejo.net que chegaram a Portugal a 15 de outubro, a convite de Francisco Dias do Centro de Portugal Film Commission, no âmbito do Festival ART&TUR, onde participaram juntamente com outras 10 produtoras, para fazer um vídeo promocional em apenas três dias. “Uma vez que já estávamos aqui, o Francisco disse-nos para fazermos um vídeo sobre Tomar e chegamos aqui para fazer outro vídeo, em parceria com o Hotel dos Templários e a Câmara Municipal”, explicou.

Depois de conhecerem a cidade e fazerem um trabalho de pré-produção – e voltaram a Leiria apenas para receber o prémio – elaboraram um roteiro e começaram a gravar. O filme promocional irá ser divulgado nas redes sociais ou através de plataformas digitais.

Leandro Miranda, diretor de fotografia, e que tem a função de transformar a ideia do diretor em imagens tem a missão de escolher enquadramento. Bruno Calanca Nishino refere que como a equipa é pequena “todo o mundo acaba por decidir qualquer coisa”. O diretor explica que este filme sobre Tomar “tem mais sensações do que paisagens”, sublinhando que se vai tentar passar o sentimento templário neste filme promocional.

Equipa Eureka venceu o Festival ART&TUR, em Leiria, com o filme “Inside” e agora deslocaram-se para Tomar Foto: D.R.

A ideia é colocar a cidade a falar sobre ela, numa película de 2 a 3 minutos. Mas para se chegar a estes minutos, há todo um trabalho de pré-produção, roteiro e produção a ter em conta. Uma cena de 3 segundos pode demorar uma semana a produzir.

“Como é um filme promocional sobre turismo, vamos mostrar o património, gastronomia, centro histórico e alojamento. Junto com isso vamos colocar sensações, tudo o que envolva os sentidos das pessoas”, conta Marco Calábria. A película vai ser narrada por uma “voz off” e a pós-produção/edição já será feita em terras de Vera Cruz, devendo ficar pronto até ao final do mês de novembro.

Apesar de não ser a primeira vez que estão em Portugal, os três brasileiros não conheciam Tomar e ficaram impressionados com a História e com os traços originais da cidade. “Quando caminha pelas ruas, dá para imaginar as carroças, os templários. O castelo parece ainda estar em atividade. Está pronto para qualquer atividade que nós quisermos”, refere Bruno Calanca Nishino que considera Tomar “uma cidade muito charmosa”.

“Esta cidade tem uma grande sinestesia. Fechamos os olhos e começamos a imaginar sua história. Principalmente a parte da Igreja de São João Baptista. As cidades históricas portuguesas também tem muito a ver com as cidades de Minas Gerais”, refere Leandro Miranda. O realizador Marco Calábria também ficou impressionado com a conservação do Património e o facto da cidade estar muito bem preservada.

A cidade vai-se apresentar de uma forma diferente para o turista. Esta cidade tem muita personalidade pelo que queremos mostrar essa personalidade. A cidade vai falar sobre ela, com um pouco de mistério e algumas surpresas no final”, revela Marco Calábria, convidando todos a assistirem ao produto final.

O objetivo deste trabalho da equipa Eureka passa por também mostrar o que conseguem fazer pela promoção turística de Portugal, estando recetivos aos contactos de outros municípios, apostando também no seu portfólio. “Vamos fazer um filme promocional para o Hotel dos Templários para também podermos mostrar o nosso trabalho. Queremos mostrar porque vale a pena investir na gente”, atesta.

Tomar _ Equipa brasileira Eureka produz filme promocional turístico na cidade templária

Publicado por mediotejo.net em Quarta-feira, 31 de Outubro de 2018

Sobre o Festival ART&TUR

Os melhores filmes de turismo que se produzem em todo o mundo foram exibidos em Portugal, durante o Festival ART&TUR, que se realizou em Leiria, de 23 a 27 de outubro. Esta foi a 11.ª edição de um dos maiores eventos mundiais de promoção turística audiovisual. Um festival de cinema de e para o turismo, com uma competição internacional que atrai cerca de uma centena de produtores e realizadores.

O Festival ART&TUR estrutura-se em três áreas complementares: o ART&TUR Contest, que consiste na competição de filmes de turismo, com duas secções competitivas (“Tourfilm” e “Doc”); a Conferência Internacional, com convidados nacionais e estrangeiros; e o ART&TUR Factory, levou realizadores internacionais a filmar em aldeias da região nos dias que antecedem o festival.

Filme vencedor do Festival ART&TUR

 

 

PUB
Elsa Ribeiro Gonçalves
Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).