Tomar | Encenador Carlos Carvalheiro recusa medalha de Valor e Altruísmo do Município

Carlos Carvalheiro, diretor artístico do Fatias de Cá, decidiu recusar a Medalha de Valor e Altruísmo que lhe foi atribuída pelo município de Tomar e que lhe seria entregue no feriado 1 de março, Dia de Tomar. A distinção devia-se ao percurso que tem desenvolvido pelo Teatro, no Fatias de Cá, desde a sua criação em Tomar, em 1979.

PUB

Numa nota enviada ao mediotejo.net, Carlos Carvalheiro explica as razões da sua escusa. “O Fatias de Cá conviveu, desde sempre e quase sempre, com uma atitude a raiar o ostracismo, por parte do Município de Tomar”, começa por explicar.

“Embora a minha relação com quase todos os autarcas tenha sido pautada pela mútua simpatia, e embora reconheça como bondosa a atual decisão de me ser concedida uma medalha, não ficaria de bem com a consciência se aceitasse camuflar a memória”, prossegue Carlos Carvalheiro, para quem, aceitar esta homenagem “seria como aceitar que o Ministério da Cultura incumbisse a Direção Geral do Património que tutela o Convento de Cristo de me agraciar por Valor, ou a Direção Geral das Artes, que sempre desapoiou o Fatias de Cá, de me medalhar, quiçá, por Altruísmo”

PUB

“Peço, por isso e por ora, ao Município de Tomar, que não leve a mal por pedir escusa desta Medalha de Valor e Altruísmo, que teve a gentileza de me conceder”, conclui.

O encenador do Fatias de Cá foi um dos homenageados escolhidos pelo Município de Tomar para receber essa distinção, nas cerimónias marcadas para esta quinta-feira, 1 de março.

PUB

Da lista de distinções contam-se os seguintes nomes: Medalha de Honra- João Queiroz e Mello, João Mota, Estabelecimento Prisional Militar e Sofia Morais (a título póstumo). Medalha Municipal de Mérito – Pedro Silva (escritor), Nuno Garcia Lopes (escritor), empresa Diamantino Coelho, Filipe Antunes (título póstumo) e Casa do Concelho de Tomar; Medalha de Valor e Altruísmo- Bruno Graça e Medalha de Valor Desportivo – Manuel Pina (halterofilia), Vitor Jesus (automobilismo) e Pedro Dias da Silva (automobilismo).

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here