Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Outubro 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar | Elsa Ribeiro Gonçalves apresenta novo livro no C. Cultural da Levada

Depois do sucesso de “Singularidades de uma Mulher de 40”, que inspirou leitoras de todas as idades a mudarem a sua vida, chega a tão aguardada continuação da história de Maria Helena, personagem criada pela jornalista e escritora Elsa Ribeiro Gonçalves.

- Publicidade -

Depois do lançamento na Feira do Livro de Lisboa, no início do mês, foi preparado um evento especial para a cidade natal da autora, e que terá lugar este sábado, 18 de setembro, às 18h, no Moinho da Ordem, no Complexo Cultural da Levada, em Tomar.

Com a chancela Origami Livros, marca nacional da Médio Tejo Edições, será apresentada em Tomar uma edição muito “singular”, que tem como complemento uma árvore da gratidão. Construída em madeira e com folhas de papel verde esmeralda, foi desenhada especificamente para este livro e limitada a 100 exemplares. 

- Publicidade -

Nestas “Novas Singularidades” ouvimos, uma vez mais, as inquietações de tantas mulheres que, por uma ou outra razão, foram perdendo a sua auto-estima e colocando as necessidades dos outros à frente das suas.

Tal como no primeiro volume, esta é uma história que se lê vorazmente, transportando numa escrita de grande simplicidade um acutilante olhar sobre a condição feminina, sobre os sonhos que se adiam ou arrumam na gaveta.

Como se pode ler na contracapa do livro, percorrer as páginas destas “novas singularidades” poderá ser o primeiro empurrão para abrir essas gavetas e não dar ouvidos à voz interior que nos menoriza, mas sim àquela que nos incentiva: “Vai em frente, enfrenta. Tu mereces.”

O novo livro de Elsa Ribeiro Gonçalves, com a chancela Origami Livros (Médio Tejo Edições), no palco principal da Feira do Livro de Lisboa. Créditos: Arlindo Homem

Elsa Ribeiro Gonçalves nasceu em Tomar a 06 de junho de 1976. É jornalista, casada e mãe da Leonor, por quem nutre um amor infinito. Foi esse mesmo amor que levou a que, em 2016, num período mais conturbado da sua existência, iniciasse um processo de introspeção que a levou a procurar dentro de si tudo o que tinha perdido nos meandros do xadrez do socialmente correto, descobrindo a importância do amor próprio como base dos relacionamentos humanos.

Na sequência do sucesso do livro “Singularidades de uma Mulher de 40” (editado em 2017), criou uma página de Facebook onde partilha com mais de 25 mil seguidoras pensamentos e reflexões, dinamizando também um grupo privado de desenvolvimento pessoal, “Mulheres Singulares”.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome