Quarta-feira, Março 3, 2021
- Publicidade -

Tomar | Eleitos da assembleia pedem explicações sobre Caminhos de Santiago

A Assembleia Municipal de Tomar, reunida na noite de sexta-feira, 23 de fevereiro, esteve a discutir e a votar a “Integração do Município de Tomar na Federação Portuguesa do Caminho de Santiago e Aprovação dos Estatutos”. A adesão foi aprovada por unanimidade.

Paulo Macedo, eleito da CDU apresentou algumas dúvidas, nomeadamente sobre os estatutos e sobre a ausência de um Regulamento. Também o eleito Ricardo Lopes (PSD) colocou algumas questões à presidente da câmara, nomeadamente sobre os encargos do município com esta adesão e em que é que vai beneficiar. Já Carla Joaquim (PSD) quis saber se estão previstas candidaturas para valorizar os caminhos de Santiago na região.

A presidente da Câmara de Tomar, Anabela Freitas (PS) explicou que os Caminhos de Santiago passam por Tomar, “pelo que não faz sentido que o concelho esteja fora desta rota”. A autarca explicou ainda que um dos associados é a Via Lusitânia e foi esta que fez a marcação dos caminhos em Vila Nova da Barquinha, Tomar e Ferreira do Zêzere, sendo que o caminho que foi delimitado é o que vai ser seguido. Em relação a ações programadas, explicou que neste momento está a ser feita a “reflorestação” junto aos caminhos nos concelhos que foram atingidos pelos incêndios do último ano.

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).