Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Agosto 1, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar: eleitos contra fecho de escola de Paialvo e Jardim-de-Infância de Fétal de Cima

A assembleia municipal de Tomar, reunida na tarde de sexta-feira, 29 de abril, aprovou duas moções contra o encerramento da Escola Básica de Paialvo e o Jardim-de-Infância de Fétal de Cima, na freguesia de Além da Ribeira Pedreira.

- Publicidade -

Estes são dois dos estabelecimentos que estão previstos encerrar portas no próximo ano lectivo, devido ao diminuto número de alunos.

Na lista negra também se encontram as escolas básicas de Santa Cita, na Asseiceira e a Escola das Cabeças, na freguesia Urbana de Tomar mas os autarcas destas duas freguesias, Carlos Rodrigues (PS) e Augusto Barros (PS), não apresentaram qualquer moção a favor da manutenção das mesmas, acatando a orientação do vereador com o pelouro da Educação, Hugo Cristóvão (PS) que já explicou que o município “não tem argumentos” para apresentar junto da Tutela para manter estas escolas em funcionamento.

- Publicidade -

escola fétal de cima DSC01687
Jardim-de-Infância de Fetal de Cima tem encerramento anunciado

O primeiro a intervir foi Alexandre Horta (PSD), presidente da junta de freguesia de Além da Ribeira/Pedreira, argumentando que a sua autarquia está disposta a pagar as despesas de àgua e luz para manter o jardim-de-infância de Fétal de Cima em funcionamento.

“Esta medida é um ataque às populações das freguesias rurais, acelerando o processo de despovoamento e abandono destas zonas”, refere a moção que viria  a ser aprovada por maioria.

O autarca realçou que o estabelecimento irá ter um acréscimo de 8 para 10 crianças, sendo a qualidade da mesma sido “amplamente reconhecida”, tendo o JI vencido no último ano dois concursos, um dos quais promovidos pela autarquia. Lamentou ainda o fato de ter sido publicado, de  modo inverídico, que o estabelecimento era frequentado apenas por cinco crianças.

IMG_5007
Alexandre Horta, presidente de junta de Além da Ribeira/Pedreira durante a sua argumentação

Por estes motivos, a moção pede à Câmara Municipal de Tomar que “reconsidere e anule a decisão de encerramento deste Jardim-de-Infância e que garanta o seu funcionamento enquanto os pais e a comunidade manifestarem interesse em ter Jardins de Infância de dimensões mais reduzidas, onde são oferecidos serviços de qualidade e diferenciados para as suas crianças.

12973346_1039680112771635_8236345201946828241_o

12916843_1039680829438230_3836081887745769175_o
Escola Básica de Paialvo também está na lista dos estabelecimentos a encerrar

Já o presidente de junta de Paialvo, Luís Antunes (CDU), frisou que “devem ser promovidas medidas de discriminação positiva, de estimulo e apoio a processos em que a escola contribui para manutenção e o desenvolvimento deste espaço rural”.

Na moção apresentada contra o encerramento da Escola do 1.º Ciclo de Paialvo – que também foi aprovada por maioria – o autarca da CDU sublinha que esta escola “continua a oferecer excelentes condições de segurança para as famílias entregarem as suas crianças” e que o estabelecimento está dotado, a nível físico, “de uma excelente àrea por sala de aula, assim como de recreio e boa área coberta”.

A moção pede, pelos motivos invocados, que o executivo da Câmara de Tomar “ponha fim ao processo de encerramento das escolas, evitando o desencadear da desertificação do concelho”.

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome

- Publicidade -