Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Setembro 17, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar | Dias Templários debateram a Ordem do Templo no Jardim do Mouchão (c/video)

A Associação de Turismo Militar Português (ATMPT) desafiada pela Associação Thomar Honoris, organizou uma tertúlia no acampamento militar “Dias Templários”, que decorreu no passado dia 13 de julho, no Jardim do Mouchão em Tomar.

- Publicidade -

Este encontro contou com a presença dos professores Carlos Trincão e Luís Mota Figueira e ainda do Coronel Luís Albuquerque, tendo contado com a moderação de João Pinto Coelho, que debateram a “A Ordem do Templo: da História e do Legado Patrimonial, à Marca e ao Produto Turístico e Cultural”, numa conversa informal e com a participação do público.

Tertúlia no Acampamento Militar

A Associação de Turismo Militar Português (ATMPT) desafiada pela Associação Thomar Honoris, organizou uma tertúlia no acampamento militar “Dias Templários”, que decorreu no passado dia 13 de julho, no Jardim do Mouchão em Tomar. Este encontro contou com a presença do Prof. Carlos Trincão, do Prof. Doutor Luís Mota Figueira e do Coronel Luís Albuquerque, com a moderação de João Pinto Coelho, que debateram a “A Ordem do Templo: da História e do Legado Patrimonial, à Marca e ao Produto Turístico e Cultural”, numa conversa informal e com a participação do público. Fique a conhecer este momento. Faça parte da História de Portugal!#turismomilitar #turismo #tomar #acampamentotemplário #templários #diastemplários #atmpt #turismportugal

Publicado por Turismo Militar em Segunda-feira, 22 de julho de 2019

- Publicidade -

Paralelamente decorreram atividades de esgrima histórica, arco e besta, mostra de ofícios e danças medievais.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome