Tomar | Descargas poluentes no rio Nabão levam autarquia a apresentar queixa-crime (C/ÁUDIO)

O rio Nabão voltou a ser alvo de mais uma descarga ilegal de efluentes, detetada na madrugada desta segunda-feira e com vestígios muito visíveis no leito do rio ainda ao final da tarde. O Município de Tomar denunciou esta caso às autoridades, nomeadamente SEPNA, APA e Tejo Ambiente. Anabela Freitas, autarca tomarense, deu conta em reunião de executivo camarário estar o município a tratar de um processo de queixa-crime contra desconhecidos por crime ambiental.

O Município de Tomar diz requerer com as participações – “que irão ser compiladas e enviadas ao Ministério do Ambiente”, segundo a edil tomarense – que as entidades competentes atuem sobre as constantes descargas poluentes no rio Nabão e que “o problema seja tratado definitivamente”. A autarquia pedem que “sejam aplicados os esforços possíveis por forma a implementar todas as medidas corretivas necessárias”.

Na reunião de Câmara desta segunda-feira, Anabela Freitas deu conta no período antes da ordem do dia das diligências tomadas perante este flagelo que assombra o Nabão, mencionando estar o município a preparar um processo de queixa-crime contra desconhecidos por crime ambiental.

PUB

“Estamos a preparar uma queixa-crime contra terceiros, com a advogada síndica da Câmara Municipal, por crime ambiental”, mencionou a autarca.

Em comunicado, a autarquia refere que este atentado ambiental volta a acontecer com o modus operandi de outros episódios, aproveitando “condições meteorológicas que se registaram, de forte precipitação, especialmente propícias à ocorrência destes crimes ambientais”.

O Município alerta ainda que “as descargas de efluentes, qualquer que seja a sua origem, sem o adequado tratamento prévio, são ilegais e provocam impactos muito significativos no curso de água e na sua envolvente, com consequências graves quer para o meio ambiente quer para a saúde pública”, termina.

A PSP procedeu a recolha de amostras por suspeitas de crime ambiental no rio Nabão durante esta segunda-feira.

PUB
Joana Rita Santos
Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).