PUB

Tomar: desacatos após jogo da Selecção levam à intervenção da PSP

Foram vários os moradores na cidade de Tomar que ouviram o disparo de um tiro, cerca das 23h30, de quinta-feira, 30 de junho, após a Selecção de Portugal se ter apurado para as meias-finais. O disparo, com arma de fogo, foi feito pela PSP quando tentava serenar os ânimos numa desordem que, de acordo com o comunicado desta força policial,  envolveu mais de seis indivíduos de etnia cigana e 4 ou 5 militares, supostamente do RI15 (Regimento de Infantaria 15 de Tomar).
O caso sucedeu-se na Av. D. Ângela Tamagnini, junto a um túnel que dá acesso a um Salão de Jogos. Esta artéria esteve interrompida ao trânsito durante alguns minutos dados que a mesma chegou a estar bloqueada com dois carros da PSP.
Da desordem, resultaram ferimentos em pelo menos dois dos intervenientes, que terão recebido tratamento nos hospitais de Tomar e de Abrantes, desconhecendo-se os pormenores resultantes das agressões. Verificaram-se também danos numa esplanada da cidade, onde os intervenientes se terão envolvido.
A questão da (in)segurança em Tomar tem sido recorrente nas reuniões de executivo camarário com os vereadores da oposição, PSD e Independentes por Tomar, a chamar atenção para a subida de casos. No entanto, a presidente da autarquia reitera as palavras do Comissário da PSP de Tomar, Fernando Moreira, dando conta que “os índices de criminalidade têm diminuindo em Tomar”.
PUB
PUB
Elsa Ribeiro Gonçalves
Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).