- Publicidade -

Tomar | Congresso da Sopa apresenta mais de meia centena de sopas no Mouchão

A 24.ª edição do Congresso da Sopa realiza-se este sábado com a presença de mais de 30 restaurantes, associações e produtores de vinho locais, instalados no Mouchão Parque, uma ilha em pleno rio Nabão, em Tomar, com mais de 50 especialidades de sopas para degustar.

- Publicidade -

“Os ingredientes são irresistíveis: boa comida e bebida que podem ser saboreadas numa ilha!”, afirma uma nota do município, que refere várias das sopas à disposição: de peixe, da pedra, de lampreia, de leitão, de castanha com cogumelos, de abóbora com gengibre, o caldo de enguias, o creme de cenoura com crocante de farinheira, ou as “originais” sopa de corno ou a sopa medieval, esta em antecipação da Festa Templária que decorrerá na cidade de 06 a 09 de julho.

O Congresso mantém o mesmo vigor com que nos anos noventa do século passado haveria de revolucionar o mundo das festividades gastronómicas em Portugal, pela mão de Manuel Guimarães, estudioso da História e das tradições tomarenses e também critico de gastronomia. Com um título irreverente, hoje devidamente registado, o evento tomarense atreveu-se a fazer da sopa a vedeta, juntando ao apelo dos sabores a consciencialização da necessidade de uma alimentação saudável.

- Publicidade -

Ao todo vão estar ao dispor dos comensais mais de meia centena de sopas, entre as quais boa parte das mais apreciadas pelo país inteiro, como a sopa de peixe ou a sopa da pedra. Mas também há outras que saem do registo tradicional. É o caso do caldo de enguias ou da sopa de leitão, da sopa de castanha com cogumelos, ou da sopa de abóbora com gengibre.

Participam os seguintes restaurantes e afins: Almourol, Açúcar ao Quadrado, Associação dos Forcados Amadores de Tomar, Associação Cultural e Recreativa da Serra, Baía, Bistrôt – Doces e Licores, Casa da Vera, Cervejaria Noite e Sol, Central Tapas Café, CIRE, CIRE – Associação de Pais e Encarregados de Educação, Convento do Leitão, Ginjinha, Escola Profissional de Tomar, Estalagem de Santa Iria, Instituto Politécnico de Tomar, O Invejado, La Bella, Legenda Medieval, Lodge, A Lúria, Manjar dos Templários, Marisqueira de Tomar, Mister Grill, Nabão, Ninho do Falcão, Nutrisabor, Picadeiro, Pica-Pau Amarelo, Pingo Doce, S. Lourenço, Tabuleiro e Taverna Antiqua.

Estarão igualmente presentes, com os seus deliciosos néctares a acompanharem as sopas, os seguintes produtores de vinho do concelho: Adega Casal Martins, Casa Agrícola Solar dos Loendros, Encosta do Sobral, Quinta Casal das Freiras e Herdades dos Templários.

Como habitualmente, as receitas revertem para o CIRE. Os bilhetes gerais custam 5 €, sendo de 2 € para crianças dos 6 aos 12 anos e de 12 € para famílias (2 adultos e 2 crianças). Quem necessitar de kit (copo, tigela, colher e guardanapo) pagará mais 3 € – mas pode poupar este valor se os trouxer de casa. Os bilhetes já estão à venda no Posto Municipal de Turismo e no CIRE.

Para promover a iniciativa, o Pingo Doce realizou no dia 25 de abril, uma ação com oferta de bilhetes e prova de sopas, a qual foi repetida no dia 1 de maio.

 

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).