Tomar | CIRE adere à campanha “Barrete Azul” com a ajuda da comunidade educativa

O CIRE – Centro de Integração e Reabilitação de Tomar aderiu pela segundo ano consecutivo ao Projecto “Barrete Azul”, da Associação Salvador, conseguindo vender cerca de 1450 barretes. Parte da verba obtida com esta venda reverte a favor do CIRE e a restante a favor da “Associação Salvador” destinando-se a apoiar instituições de solidariedade que necessitem, por exemplo, de adquirir ajudas técnicas.

PUB

O CIRE com alguns dos parceiros da iniciativa Barrete Azul Foto: mediotejo.net

Na manhã desta segunda-feira, 18 de dezembro, o Instituto Politécnico de Tomar – um dos parceiros deste ano, a par da Universidade Sénior, dos dois Agrupamentos Escolares e da Escola Profissional de Tomar – serviu de palco para uma foto de família, ocasião onde também estiveram presentes alguns utentes do CIRE.

PUB

José Lagarto, secretário do CIRE, explicou ao mediotejo.net que esta é uma iniciativa a nível nacional promovida pela Associação Salvador, que já é promovida pelo terceiro ano, sendo que o CIRE aderiu pelo segundo ano. “A comparticipação que o CIRE recebe de venda de cada barrete são 0,74 euros e a Associação Salvador recebe o resto do valor para ajudar outras instituições de solidariedade social a nível nacional. Nós encomendámos 1450 barretes e foram 1450 barretes que vendemos”, disse.

Momentos de emoção entre participantes e utentes do CIRE foto: mediotejo.net

O responsável do CIRE destaca ainda a adesão dos parceiros que foram convidados para apadrinhar esta iniciativa, referindo que só o IPT adquiriu meio milhar de barretes. ” O Instituto Politécnico de Tomar foi o primeiro parceiro que nós convidámos e deu-nos logo muito alento e muita força. Também conseguimos como parceiros, a Universidade Sénior, os dois Agrupamentos de Escolas e a Escola Profissional de Tomar”, referiu.

“É uma iniciativa de solidariedade que considero importante e uma forma de ajudarmos as instituições de que somos próximas e por isso quando fomos convidados para aderir a esta iniciativa fizem-lo com todo o gosto e satisfação desde a primeira hora”, disse Eugénio de Almeida, acrescentando que adquiriram um número grande de barretes.

Rosário Sousa, da Universidade Sénior, também realçou a forte adesão desta instituição a esta iniciativa, sendo que muitos dos utentes séniores compraram um barrete para cada neto.

“É uma iniciativa importante como tal não poderíamos ficar fora dela. O que disse às pessoas é que mesmo que os barretes não lhes servissem – porque são muito pequenos – que os comprassem para colocar na Árvore de Natal ou num canto da casa porque sempre que olhassem para eles ficariam mais felizes”, disse.

PUB
PUB
Elsa Ribeiro Gonçalves
Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).