Tomar | Centro de Estudos em Fotografia confere nova dinâmica à Casa dos Cubos

Abriu na terça-feira, 20 de novembro, na Casa dos Cubos em Tomar, o Centro de Estudos em Fotografia de Tomar (CEFT), conferindo uma nova dinâmica a este espaço cultural da cidade templária.

PUB

Tendo resultado de um protocolo assinado entre o Município de Tomar e o Instituto Politécnico de Tomar, o CEFT tem como principal objetivo aprofundar a relação antiga destas Instituições com a Cultura Fotográfica, nomeadamente através dos Arquivos Fotográficos Históricos e Contemporâneos mas também através da formação em Fotografia no ensino superior, que é ministrada no Instituto Politécnico de Tomar há mais de 30 anos.

Casa dos Cubos vai passar a ter uma programação consistente de exposições de fotografia, conferências e workshops, em especial nas áreas da Fotografia e Território Foto: mediotejo.net

PUB

O CEFT visa ainda preservar, conservar, estudar e divulgar coleções e acervos fotográficos bem como organizar e promover ofertas formativas em conservação, preservação, gestão de coleções fotográficas e processos fotográficos históricos quer através de ações junto das escolas, nos mais diversos níveis de ensino, quer junto do público, em geral, e também vocacionadas para o turismo cultural, de experiências e científico.

Do plano de atividades consta, ainda, uma programação consistente de exposições de fotografia, conferências e workshops, em especial nas áreas da Fotografia e Território.

Cerimónia de inauguração do CEFT realizou-se na terça-feira, 20 de novembro, e contou com a presença de muitos convidados Foto: mediotejo.net

Na ocasião foi também inaugurada a Exposição de Fotografia e Território “Nas Curvas do Espanto: Médio Tejo, que caminhos para uma mudança?”, resultado de uma Residência Fotográfica realizada em Mação, promovida pelo Curso Superior de Fotografia do Instituto Politécnico de Tomar e apoiada pelo Município de Mação e que teve como principal objectivo contribuir para uma melhor percepção dos fenómenos relacionados com a gestão do território e com a sua ocupação, e que resultam normalmente em transformações na paisagem, passíveis de serem registadas fotograficamente.

PUB
PUB
Elsa Ribeiro Gonçalves
Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).