- Publicidade -

Tomar | Cemitérios irão reabrir a partir de 2 de maio com entradas controladas

Os cemitérios em Tomar têm reabertura prevista para este sábado, dia 2 de maio. A informação foi dada pelo vereador Hélder Henriques, responsável por este pelouro, dando conta que as entradas nos cemitérios do concelho vão ser controladas. Dia 3, domingo, assinala-se o Dia da Mãe, e por isso os cemitérios estarão abertos todo o dia, excecionalmente, tendo em conta a previsão de avolumar de pessoas interessadas em frequentar aqueles locais nesta data. Quanto aos funerais, irão continuar a realizar-se com um limite máximo de 10 participantes.

- Publicidade -

Hélder Henriques deu conta desta informação durante a reunião de Câmara do dia 27 de abril, referindo que a reabertura dos cemitérios de Tomar “está prevista para sábado, dia 2 de maio, com controlo de entradas”.

O vereador disse ainda que “dia 3 de maio, domingo, é o Dia da Mãe e há muitas visitas ao cemitério”, motivo que levou a autarquia a definir que os cemitérios vão estar “abertos todo o dia”, excecionalmente, a prever o grande número de interessados em frequentar aqueles locais para prestar homenagem aos entes queridos. Hélder Henriques reforçou que os cemitérios “permanecerão abertos com controlo de entradas” ao longo dos dias.

- Publicidade -

Segundo a autarquia, “o número máximo de permanência de pessoas no seu interior, em simultâneo, é de 25 pessoas no Cemitério de Santa Maria dos Olivais e de 60 pessoas no Cemitério de Marmelais”, sendo que “só poderão permanecer 2 pessoas junto de cada campa, jazigo ou gavetão dos ossários”.

Por outro lado, sempre que decorra um funeral, “o cemitério encerra aos visitantes uma hora antes do seu início, reabrindo após o funeral”, sendo que irão continuar a realizar-se com limite de 10 participantes. 

A autarquia refere ainda que nos cemitérios “não estará disponível o fornecimento de água nem dos equipamentos necessários a trabalhos de limpeza e manutenção” e que “os sanitários encontram-se encerrados”.

A CMT alerta que “o não cumprimento do estipulado poderá levar ao encerramento imediato do cemitério”, sendo recomendado que além das regras para permanência nos locais, deve respeitar-se as medidas de distanciamento social, de higiene das mãos e de etiqueta respiratória em todas as circunstâncias.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -