Tomar | Câmara aprovou atribuir nome de António Eduardo Fortes ao Estádio Municipal

Estádio Municipal de Tomar.

A Câmara Municipal de Tomar aprovou por unanimidade a mudança de denominação do Estádio Municipal de Tomar para passar a conter o nome do recentemente falecido jogador e treinador de futebol António Eduardo Fortes (Totói), enquanto homenagem póstuma. A autarquia também já havia aprovado um voto de pesar pelo falecimento de Totói na reunião de Câmara do dia 6 de julho.

PUB

António Eduardo Fortes foi lembrado, na pessoa de Hugo Cristóvão, vice-presidente da autarquia, enquanto uma figura desde sempre ligada ao desporto e em particular ao futebol em Tomar. “Está ligado aos anos áureos do União de Tomar, na sua passagem na Primeira Divisão, quer enquanto jogador, quer depois enquanto treinador. Manteve-se sempre ativo e ligado até ao fim da vida ao desporto, nomeadamente na formação onde sempre foi uma figura muito reconhecida e exemplo para muitas gerações”, lembrou.

O vereador lembrou que Totói, como era conhecido, também integrou outros diversos grupos na comunidade, das mais diversas índoles, tendo sido homenageado pela comunidade várias vezes ao longo da sua vida. Também a Câmara Municipal lhe atribuiu a Medalha de Mérito Municipal – Grau Ouro nas cerimónias do Dia da Cidade, em 2019.

PUB

Hugo Cristóvão considerou “mais do que justo atribuir o seu nome ao Estádio a que esteve ligado quase toda a sua vida adulta, e toda a sua vida ligada a Tomar”.

Câmara de Tomar aprovou atribuir nome de António Eduardo Fortes ao Estádio Municipal. Foto: Carlos Piedade Silva

Do lado da oposição, Célia Bonet (PSD) defendeu que a deliberação sobre este assunto deveria seguir para aprovação em Assembleia Municipal, crendo que “seria de toda a justiça que a votação fosse mais abrangente, no sentido de todos os partidos políticos poderem participar”.

A vereadora referiu ainda notar que “o currículo apresentado é muito reduzido”, propondo que se completasse o vasto currículo de Totói.

PUB

Já Francisco Madureira (PSD) deixou recomendação em nome da bancada, no sentido de a Câmara, acompanhada da família de António Eduardo Fortes, fazer uma pequena cerimónia no sentido de dar um vínculo pessoal a esta situação.

Hugo Cristóvão, vice-presidente da autarquia que presidiu à sessão em substituição de Anabela Freitas, disse que a Câmara tem estado a trabalhar desde o final de 2019, no projeto para requalificação do Estádio Municipal, que precisará de financiamento por estar em causa um valor de cerca de 1,5 milhões de euros, para “voltar a atribuir as condições exigidas para as centenas de pessoas que ali praticam a sua atividade desportiva/física”.

O vice-presidente defende que, após uma intervenção mais definitiva, fará então sentido e seria “mais digno” fazer essa cerimónia, não pondo de fora a hipótese de começar por se fazer uma iniciativa mais simples, onde se inclua um memorial mais completo sobre o currículo de Totói.

A Câmara Municipal de Tomar atribuiu a Medalha Municipal de Mérito, Grau Ouro, no dia 1 de março de 2019 a António Fortes (Totói). Foto: arquivo/mediotejo.net

Uma lenda do centenário clube União de Tomar, Totói nasceu em Mindelo (S. Vicente), Cabo Verde, e morreu na sexta feira, dia 3 de julho, aos 81 anos, no hospital de Tomar.

Totói (13-11-1938 – 03-07-2020) integrou a equipa que nos anos 60 levou o U. Tomar à 1ª divisão nacional e esteve ligado ao clube e à cidade templária desde 1964. Os tomarenses consideravam-no como uma das suas figuras de referência.

PUB

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here