Quinta-feira, Março 4, 2021
- Publicidade -

Tomar: Câmara aposta em pilaretes para evitar estacionamento abusivo

De acordo com informação autárquica, foram adquiridos 61 pilaretes dissuasores de estacionamento num investimento total de 1.127,74 euros mais IVA.

- Publicidade -

O slogan da campanha de Anabela Freitas, presidente da autarquia, quando concorreu às autárquicas de 2013 era “Mudança”. E, a olho nú, já há sinais dessa mudança na imagem da cidade.

Depois da moda das lombas ou passadeiras elevadas, no mandato de António Paiva (PSD), chegou agora a Tomar a “febre” dos pilaretes (pilar de reduzida dimensão, em betão armado).

- Publicidade -

Tudo para evitar o estacionamento abusivo por parte dos condutores e a consequente degradação de lajes ou calçada. E mais pilaretes vão surgir na cidade, segundo já avançou Anabela Freitas, nomeadamente junto à Escola 2/3 Nun’Álvares. A Rua Voluntários da República, que sofreu obras de intervenção recentemente com colocação de passeios já tem esses pilaretes. Foram colocados pelos serviços camarários esta quarta-feira, 13 de julho.

IMG_7458
A Rua Voluntários da República já tem pilaretes

Na sequência de um requerimento apresentado pelo vereador dos “Independentes por Tomar”, Pedro Marques, na reunião do executivo municipal de 20 de junho, a presidente da câmara começou por referir que, desde 2009, por iniciativa da PSP (Polícia de Segurança Pública), têm vindo a ser levantadas questões relativas ao estacionamento abusivo na Praça da República, muitas das vezes inclusive, por viaturas oficiais.

A 18 de novembro de 2011, no seguimento de um despacho do presidente de câmara, na ocasião, o Departamento de Obras Municipais apresentou proposta de colocação de dissuasores na Praça da República “como forma de impedir este estacionamento abusivo e muitas vezes limitador à normal circulação dos peões”.

IMG_7228
Praça da República também foi contemplada com estes dissuadores

Refere ainda, em resposta ao vereador independente que, a 13 de junho de 2014 é proposta de aplicação dos dissuasores na Praça da Republica, de acordo com a planta anteriormente apresentada, ou outra disposição, se assim o fosse entendido. “Por despacho de 24/06/2014, o sr. vice presidente valida a proposta apresentada e manda prosseguir o processo de aquisição dos dissuasores”, acrescenta. É então proposta a aquisição de 61 dissuasores para colocação na Praça da República a fim de dar cumprimento a despacho superior.

 Calçadas deterioradas pelo estacionamento abusivo

IMG_7221
Atrás do edifício dos Paços do Concelho já não se consegue estacionar

“Em agosto de 2015, é iniciado o procedimento de aquisição dos dissuasores. Por despacho da presidente de câmara, é adjudicado à empresa “Resopre” o fornecimento de vários dissuasores, “entre os quais 61 destinados à Praça da República, pelo preço unitário de 13,84 euros os fixos e 61,09 euros os retráteis”, correspondendo no caso a um investimento total de 1.127,74 euros mais IVA para esta obra.

A informação refere que, ainda a propósito, no âmbito dos trabalhos em curso de reabilitação da Praça da República, “foram efetuados trabalhos de levantamento e reposição de calçadas deterioradas pelo estacionamento abusivo de viaturas sobre o passeio do lado do edifício dos SMAS e placa central, com substituição de 57 lajes do pavimento da placa central e ao refechamento das juntas entre as lajes do patamar e escadaria de acesso ao edifício da câmara municipal”.

IMG_7218
Largo do Pelourinho foi o primeiro a levar pilaretes

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).