Tomar: Crédito Agrícola RNT assinala centenário “preparada para novos desafios”

IMG_6611
Presidente do Conselho de Administração da CCARN e Tramagal, CRL, Arnaldo Santos durante o seu discurso

“A última década do Século XX, entre 1990 e 2000, foi aquela em que se verificaram as maiores transformações ao nível das Caixas Agrícolas. Reconhecendo o novo contexto e conhecendo o potencial da nossa região, afirmamos que o nosso caminho é sempre o caminho do futuro enraizados nos valores do passado.

PUB
PUB

Assumimos um novo projecto em 2013 e hoje sentimos que o nosso destino é o destino da região e o nosso desafio é o desafio de cada um dos concelhos, os nossos projectos são os projectos de cada um dos nossos empresários e associados”, referiu Arnaldo Santos, presidente do Conselho de Administração da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo do Ribatejo Norte e Tramagal, CRL,  naquela que foi a sessão solene comemorativa do centenário da instituição.

Uma cerimónia realizada durante a tarde desta sexta-feira, 10 de junho, no auditório do Instituto Politécnico de Tomar. Pese embora já tenham passado dois anos após a efeméride, a sessão contou com três momentos altos: a apresentação do livro do centenário, a homenagem a colaboradores da instituição e uma conferência sobre a temática “Oportunidades e Desafios”.

PUB

Arnaldo Santos recordou que esta iniciativa pretendeu enaltecer a fundação das Caixas de Crédito Agrícola, nomeadamente as de Tomar, Riachos, Torres Novas e Tramagal, que se juntou às restantes em 2014 passando, nessa altura, a instituição a ter a designação atual.

IMG_6598
Os convidados de honra da sessão solene

O presidente do Conselho de Administração aproveitou a ocasião para evocar os estreitos laços que se verificam entre as Caixas Agrícolas e as Misericórdias, um encontro que, relembra, remonta ao século XV. “Verificamos que esta ligação singular se mantém hoje em todo o país e, particularmente, na nossa região. Em muitos casos, os dirigentes (das Misericórdias) e os colaboradores da instituição são comuns, fomentando parcerias na concretização de projectos, situação que confirma a preocupação e importância social das Caixas de Crédito Agrícola nas suas regiões, ao longo de toda a sua história, referiu, felicitando estas na pessoas dos Provedores das Santas Casas presentes nesta cerimónia.

PUB
IMG_6568
Vários autarcas e representantes de instituições na assistência

“Sabendo-se que os estatutos fundadores da Caixa de Tomar apresentam a data de 1 de março de 1914, decidiu o Conselho de Administração comemorar localmente o centenário com a publicação em livro da História de um Século de vida destas instituições, cumprindo assim a função de compilar e fixar os factos e também de dignificar e homenagear todos quanto a fizeram”, referiu ainda Arnaldo Santos, salientado o trabalho de recolha de informação histórica dos dois autores da obra. “Ficamos assim todos com uma oportunidade de compreender melhor o nosso passado e o transmitir às gerações vindouras, numa herança que nos honra”, disse.

A cerimónia foi co-apresentada pela conhecida jornalista da TVI, Patrícia Matos e,  apesar de pautada por momentos de alguma informalidade, juntou diversos convidados, entre autarcas, representantes de diversas instituições, associados, clientes e colaboradores da CCARN e Tramagal, CRL.

Após a apresentação do livro do centenário – escrito a duas mãos por Margarida Moleiro e Ricardo Raimundo, sendo destacado o facto de ser uma obra “humanizada” e com enfoque nas pessoas – teve lugar uma  homenagem que distinguiu um grupo de colaboradores que trabalham na CCARN e Tramagal há mais de 25 ou 30 anos, uma das quais que se reformou recentemente após 37 anos de serviço.

IMG_6618
A torrejana Margarida Moleiro, co-autora do livro, durante a apresentação da obra
IMG_6630
João Oliveira, um dos colaboradores homenageados durante a cerimónia

“Mantemos o firme propósito de potenciar as sinergias e os ganhos de escala para contribuir para o desenvolvimento económico, social e cultural da região e bem estar dos nossos concidadãos. A CCARN e Tramagal, CRL. quer ser cada vez mais parceiro de todas as instituições, entidades e organizações cuja missão é promover o desenvolvimento dos nossos concelhos, freguesias e localidades”, rematou Arnaldo Santos.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here