- Publicidade -

Tomar | Bombeiros de luto por falecimento de António Silva, bombeiro de 1ª do Quadro de Honra

A corporação de Bombeiros Municipais de Tomar manifestou na sua recente página institucional do Facebook uma nota de pesar pelo falecimento a 31 de janeiro, do Bombeiro de 1ª do Quadro de Honra, António Eduardo Reis Silva. Tinha 74 anos. As exéquias fúnebres decorrem esta terça-feira, dia 2 de fevereiro, no Cemitério de Marmelais, apenas com familiares diretos.

- Publicidade -

Os BM Tomar recordam que António Silva ingressou no Corpo de Bombeiros como aspirante a 1 de agosto de 1974 e ingressou no Quadro de Honra a 2 de março de 1998.

“O Corpo de Bombeiros manifesta a toda a família e amigos as mais sentidas condolências”, pode ler-se.

- Publicidade -

António Silva faleceu no Hospital de Tomar aos 74 anos. Era residente em Marmelais de Baixo, Tomar.

O funeral decorrerá esta terça-feira, dia 2 de fevereiro, no Cemitério de Marmelais, com as cerimónias religiosas a decorrerem no mesmo local pelas 11h00. As cerimónias serão restritas à família direta, segundo a agência funerária responsável.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).