Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Outubro 26, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar | Banda ‘Cavalo Amarelo’ apresenta EP de estreia no Cine-Teatro Paraíso

A banda tomarense de pop rock Cavalo Amarelo sobe ao palco do Cine-Teatro Paraíso este sábado, dia 16 de outubro, para apresentar o seu EP de estreia, num concerto que reunirá outras vozes sonantes do panorama musical português e que também terá vertente solidária. Cada bilhete reverterá um euros para o CIRE de Tomar.

- Publicidade -

A banda, constituída por Cláudio Oliveira (guitarras), Miguel Flaviano (baixo), Paulo Maçarico (Voz), Pedro Casaca (guitarras) e Rodrigo Antunes (bateria), receberá em palco Viviane e Tó Viegas dos Entre Aspas, Carlos Moisés, Dalila, Cató e Paulo Bizarro, da banda Quinta do Bill, para um espetáculo que promete, para além de pretender ajudar uma IPSS do concelho.

“Porque a música é um excelente pretexto para reunir amigos, desde cedo definimos que esta era uma ótima oportunidade para ajudar quem precisa. Pelo seu peso e importância social, o CIRE Tomar foi a instituição que decidimos apoiar com este evento. Dia 16 de outubro juntem-se à nossa festa no Cine-Teatro Paraíso Tomar e ajudem-nos a ajudar!”, apela a banda tomarense.

- Publicidade -

De referir que os Cavalo Amarelo apresentam o seu primeiro EP, contando já com dois singles lançados ao mundo: “Segredo” e “Primeiro do fim”.

O segundo single, “Primeiro do fim”, foi lançado no final de setembro e trata “um tema com uma sonoridade intensa. Uma revelação emocional, um grito de revolta, feito de encantos e desencantos onde as guitarras e os teclados assumem o protagonismo num registo intimista e melancólico”, segundo a banda.

O tema contou com produção e mistura por Miguel Urbano (Ergonoise), masterização por Rui Dias (Estúdios Mister Master).

Cavalo Amarelo é uma banda de Tomar, formada em 1996 – na altura com a denominação Fé Lusitana – editou através da PolyGram os singles “Senhora Mentira” e “Estrela 2”, com a participação dos músicos, Cazé (Corvos) e Carlos Moisés (Quinta do Bill), que também produziu os temas juntamente com Armando Glória.

Participou em inúmeros concertos, atuando como banda de suporte dos Quinta do Bill, nas suas tournées de 1997 e 1998. Durante este período, passou pelo mesmo palco de bandas como Despe e Siga, Sitiados, Xutos e Pontapés, entre outros.

Destaque para a colaboração com a revista Promúsica, através da qual gravou o tema “Até ao Mar”, para um CD lançado em 1997, e que juntou muitos nomes conhecidos do panorama musical nacional como os Silence 4.

Em 2001, por indisponibilidade dos seus membros, a banda acabou, mas a vontade de continuar a fazer música esteve sempre presente.

Duas décadas depois, cessa o interregno, e todos os elementos da formação inicial se reúnem para gravar o novo álbum, com um novo nome e com uma nova imagem, num renascer harmonioso.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome