Tomar | Assembleia aprova voto de pesar pelo falecimento do empresário José Cristóvão

A Assembleia Municipal de Tomar, reunida em sessão extraordinária no dia 6 de novembro, aprovou por unanimidade o voto de pesar pelo falecimento do empresário tomarense José Cristóvão.

O empresário tomarense José Cristóvão faleceu no dia 30 de outubro, aos 87 anos. Natural da freguesia de Olalhas, era proprietário do Hotel dos Templários, o primeiro de um conjunto de investimentos na área da hotelaria, à semelhança de outros em Lisboa e Cascais, e ainda em Angola.

No documento apresentado pelo presidente da Mesa de Assembleia Municipal, José Pereira, lembrou que o empresário, muito interventivo na área social e junto da comunidade, foi ainda responsável, na região, por empreendimentos em Ferreira do Zêzere, caso do Barco S. Cristóvão e da Estalagem do Lago Azul.

PUB

Também lembrada foi a distinção no dia do concelho, a 1 de março de 2016, quando o Município de Tomar atribuiu a Medalha de Honra Municipal a José Cristóvão, enquanto personalidade do concelho com percurso de relevo no setor empresarial.

“A AM Tomar presta a sua homenagem à memória do senhor José Cristóvão, endereçando o seu sentido pesar à família e instituições às quais se dedicou ao longo da sua vida”, referiu José Pereira, presidente da Mesa de Assembleia Municipal. Seguiu-se um minuto de silêncio em memória do falecido.

PUB
Joana Rita Santos
Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).