Tomar | Aprovada atribuição do nome de Raul Coito a uma rua ou equipamento

A proposta do PSD de atribuição do nome de Raul Coito – recentemente falecido aos 94 anos de idade – a uma rua ou equipamento na cidade de Tomar, foi aprovado por unanimidade, na reunião de câmara de segunda feira, 10 de dezembro. De acordo com a mesma, “o engenheiro Raul dos Santos Coito sempre se assumiu como um Tomarense defensor dos valores e tradições de Tomar. Foi um dos fundadores da Associação de Defesa do Folclore dos Templários, sendo por isso homenageado no dia 1 de março de 2010, Dia da Cidade de Tomar”.

PUB

Os proponentes recordam ainda que foi vereador com o Pelouro do Turismo na Câmara Municipal de Tomar durante o mandato sob a presidência do Dr. Amândio Murta no final dos anos 70 e início dos anos 80. “Contribuiu com os seus conhecimentos no processo de fundação da Região de Turismo dos Templários e foi Mordomo da Festa dos Tabuleiros”, em 1981.

“Com a morte do engenheiro Raul dos Santos Coito, Tomar perde um ilustre tomarense, defensor dos valores desta terra e um profissional dedicado e respeitado”, atestam.

PUB
Elsa Ribeiro Gonçalves
Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).