Tomar | Anabela Freitas assume “falta de meios” para limpeza de terrenos ao redor da floresta (c/vídeo)

A nova legislação em vigor no âmbito da limpeza de terrenos obriga os proprietários a limpar os terrenos até 15 de março, passando para as autarquias essa responsabilidade caso os mesmos não a cumpram. A presidente da Câmara de Tomar, Anabela Freitas (PS) disse estar preocupada com o assunto uma vez que “não há meios” na autarquia tomarense para efectuar este serviço, tendo que se recorrer à contratação de serviços externos para se proceder a esta tarefa.

PUB
Bombeiros de Tomar assinalaram 96 anos neste domingo, 28 de janeiro Foto: mediotejo.net

“Já não há empresas em Portugal disponíveis para fazer esta limpeza de terrenos, sendo que “há municípios que já estão a tentar contratar em Espanha o que levou os preços a subir em flecha”, disse ao mediotejo.net na manhã deste domingo, 28 de janeiro, à margem das comemorações do 96.º aniversário dos Bombeiros Municipais de Tomar. “Estamos a iniciar procedimento para contratação de uma empresa para podermos fazer face à limpeza porque não há meios”, disse, anunciou.

A autarca revelou ainda que esteve reunida, na passada quinta-feira com o Secretário de Estado da Protecção Civil, quer com o Secretário de Estado das Florestas onde manifestou estas suas preocupações que também são de ordem financeira. “Por exemplo, se no nosso concelho nenhum proprietário limpasse os terrenos necessitávamos de 4 milhões de euros para o conseguir fazer”, disse.

PUB

Tomar – 96 anos dos Bombeiros Municipais

Publicado por mediotejo.net em Domingo, 28 de Janeiro de 2018

Recorde-se que o secretário de Estado da Proteção Civil, José Artur Neves, afirmou esta semana que o prazo de 15 de março para limpar terrenos na prevenção dos fogos florestais “é alcançável e para cumprir” avisando que as contraordenações não serão perdoadas.

Salientou o governante que “é uma meta gigantesca, ciclópica, de muito trabalho”, mas está ao alcance, sob pena de, ao não o fazerem, incorrerem em coimas elevadas. Em causa está a obrigação de limpeza de 50 metros à volta das casas isoladas, 100 metros à volta das aldeias e 100 metros à volta dos polígonos industriais, com o Governo a estipular um prazo até 15 de março para esse trabalho ser feito.

PUB

“O que a severidade dos incêndios e as suas consequências têm trazido até nós obriga-nos a esta emergência e todos os proprietários, estejam eles onde estiverem, tem de se mobilizar para de facto executarem essa tarefa”, vincou.

O secretário de Estado reiterou que “é uma obrigação dos proprietários e se não o fizerem as forças de segurança, que já estão no terreno a sensibilizar, vão naturalmente aplicar as contraordenações porque não são perdoadas”.

Exposição revela espólio do Corpo de Bombeiros

Salão Nobre vai acolher exposição com acervo dos 96 anos dos Bombeiros Municipais Foto: mediotejo.net

Ainda relativamente ao 96.º aniversário dos Bombeiros Municipais de Tomar destaque para a inauguração de uma exposição que revela o acervo da corporação. “96 anos são muitos anos e os Bombeiros Municipais de Tomar têm um acervo imenso que se encontrava espalhado. Após as obras que fizemos no Quartel de Bombeiros decidimos reservar um espaço do Salão Nobre para uma pequena mostra do acervo. Tudo o que se encontra ali foi feito pelos Bombeiros, entre ocorrências, nas suas folgas e eles é que montaram a exposição que vimos”, disse, acrescentando que numa primeira fase não estará diretamente aberta ao pública

A autarca disse que “a 28 de janeiro há sempre um ritual que se cumpre” que é o hastear da bandeira e a deposição de coroa de flores junto à Estátua dos Bombeiros como sinal de homenagem a todos os bombeiros falecidos que prestaram serviço no corpo de bombeiros.

Este ano, as estas acções simbólicas, acresceram a assinatura do compromisso de honra e entrega de divisas a um conjunto de bombeiros voluntários que terminaram a sua recruta e fizeram a apresentação de um novo veículo florestal de combate a incêndio, adquirido no âmbito do POSEUR, pelo valor de 160 mil euros. As cerimónias oficiais decorrerão a 1 de março, Dia da Cidade.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here