- Publicidade -

Tomar acolhe Jornadas do Serviço de Urologia do CHMT esta sexta e sábado

“Medicina, a Arte do Risco” é o tema da 14ª edição das Jornadas do Serviço de Urologia do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) que se realizam esta sexta-feira, dia 30 de setembro, e sábado, dia 1 de outubro, no Hotel dos Templários.

- Publicidade -

Estas Jornadas “constituem um – reconhecido – ponto de encontro de Médicos, Enfermeiros, Técnicos de Serviço Social e outros profissionais de Saúde da Região e do País que durante dois dias debatem temas de interesse comum, além de conviverem de forma informal num ambiente descontraído e convidativo”, refere a nota de imprensa da Associação dos Amigos do Serviço de Urologia do CHMT.

Este ano, o tema que estará em debate será “A Arte do Risco”, ou, nas palavras dos organizadores, “o elogio da Medicina clínica como arte”. Segundo os responsáveis pelas Jornadas, “num tempo em que se privilegia a tecnologia e o crescente aumento de toda a espécie de maquinaria para diagnóstico e cura das doenças, é obrigatório o regresso à arte de escutar o doente, ao saber de perguntar, ao assumir do risco da incerteza e da decisão”.

- Publicidade -

A conferência de abertura estará a cargo de Miguel Guimarães, urologista e presidente da Secção Norte da Ordem dos Médicos, sendo que, na manhã desta sexta-feira, haverá uma Mesa Redonda onde especialistas com dezenas de anos de experiência clínica em várias áreas (Obstetrícia, Medicina Intensiva, Cirurgia Pediátrica e Urologia) vão trocar ideias com a assistência sobre a sua forma de viver a Arte de ser médico.

À tarde, os trabalhos prosseguem com vários debates em que os temas do Risco, da Incerteza e da Dúvida são tratados por especialistas de vários ramos da Medicina.

No sábado, dia 1 de outubro, o dia será preenchido com um Simpósio de Enfermagem Urológica e outro sobre Disfunções Sexuais Masculinas.

No final da manhã, as Jornadas terminam com uma conferência sobre “Existência e Essência”, a realizar pelo Padre Joaquim Carreira das Neves, “personalidade invulgar como pensador e comunicador”, segundo os organizadores deste evento.

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).