- Publicidade -

Terça-feira, Dezembro 7, 2021
- Publicidade -

Todo-o-terreno | XXXII Raid da Ferraria trouxe emoção a Gavião e Abrantes (C/Fotogaleria e video)

Correu-se este fim de semana, 27 e 28 de abril, nos estradões dos concelhos de Abrantes e Gavião, a 32ª edição do Raid da Ferraria, uma organização do Centro Cultural Recreativo e Desportivo da Ferraria, associação da freguesia de Comenda, no concelho do Gavião, com o apoio da Federação Portuguesa de Motociclismo.

- Publicidade -

Com uma vasta lista de inscritos, cerca de 130 equipas apresentaram-se nas verificações e já com três provas disputadas no campeonato não faltaram motivos de interesse para esta prova.

Parque fechado no Hipódromo dos Mourões no Rossio ao Sul do Tejo.

- Publicidade -

No parque fechado em Abrantes, antes do início da competição, o mediotejo.net fazia assim a antevisão:

Abrantes | XXXII Raid TT Ferraria 2019

Publicado por mediotejo.net em Sábado, 27 de abril de 2019

MINI BAJA
Logo na manhã de sábado saiu para a estrada a Mini Baja, prova destinada a jovens pilotos entre os 12 e os 16 anos. Apenas com o SS1 de 42,5 Km para cumprir o mais rápido foi João Duarte (Mini Moto 2) e Rodrigo Alves (Mini Quad) que repetiram as vitórias da Baja do Pinhal. Em Mini Moto 1 o vencedor foi Martinho Pais.

Classificação Geral da Mini Baja:

1º-João Duarte (Yamaha YZ 250 F) 36:00.2
2º-Bernardo Passanha (Yamanha YZ 125) 39:24.6
3º-Xavier Albino (Yamaha YZ 125) 42:26.4
4º-Rodrigo Alves (Yamaha YFM 250 R) 44:33.9
5º-Martinho Pais (Yamaha YZ) 44:48.3

João Duarte, vencedro da Mini Baja.

MOTOS:
Com a especial de sábado (Pego) a servir de aperitivo para a dupla passagem no troço de 88 Km de Ribeira da Venda/Gavião a correr no domingo os pilotos não se pouparam e Sebastian Buhler foi o mais rápido, deixando João Paulo Lourenço a mais de dois minutos.

Em SS2 Buhler voltaria a bater João Paulo Lourenço aumentado a vantagem para quase três minutos. Voltaria a ser o mais rápido no SS3 mas uma penalização de 30 minutos iria atirá-lo para a 12ª posição.

Com um terceiro sector bem conseguido Bruno Santos, campeão nacional de Rally Raid, saltou para a vitória, secundado por Rafael Vargas. João Paulo Lourenço teve de se contentar com o lugar mais baixo do pódio.

Classificação Geral das Motos:

1º-Bruno Santos (Husqvarna FE 450) 2h50:13
2º-Salvador Vargas (KTM EXC-F) 2h51:27
3º-João Paulo Lourenço (Beta RR 300) 2h52:10
4º-Bernardo Megre (Husqvarna FE) 2h53:17
5º-Daniel Jordão (Yamaha WR450) 2h54:06

Bruno Santos ( Husqvarna FE 450) venceu nas Motos.

QUADS:
O troço seletivo de sábado veio mostrar o espanhol Teofilo Viñaras a querer lutar contra a hegemonia lusa nas motos de quatro rodas. Venceu “Beto” Borrego por apenas oito segundos e Luís Engeitado ficou a pouco mais de um minutos.

Expectativa alta para domingo onde na primeira passagem voltou a vencer Viñaras deixando a concorrência longe, a mais de sete minutos. “Beto” Borrego abandonou encurtando o leque de favoritos.

Novo golpe de teatro na segunda passagem, com o abandono do espanhol, deixando a vitória à mercê de Luís Engeitado, o mais rápido no troço e vencedor final nos Quads a 1 minuto e 24 segundos dum combativo Luís Pimenta. Com apenas quatro pilotos a terminarem classificados o terceiro foi Jairo Alves com quase um quarto de hora para o vencedor.

Classificação Geral dos Quads:

1º-Luis Engeitado (Yamaha YFZ 450) 3h04:17.2
2º-Luis Pimenta (Suzuki LTR) 3h05:41.5
3º-Jairo Alves (Honda TRX 450) 3h18:52.7
4º-Marco Correia (Yamaha YFZ 450) 3h23:42.9

Luis Engeitado foi o primeiro nos Quads.

SSV:
Se no troço do Pego Cristiano Sousa Batista/Fábio Zeller impuseram o seu Can-Am Maverick XRS à concorrência, vencendo Nélson Caxias por quatro segundos e David Assunção por onze, na primeira passagem pelos 88 Km da Ribeira da Venda/Gavião quem se começou a destacar foi a dupla João Monteiro e Manuel Pereira.

Com uma enorme lista de inscritos qualquer um pode aspirar à vitória. A passagem da tarde trouxe novo vencedor: Luís Cidade/Pedro Mendonça bateram os vencedores da manhã por um segundo exato!!!

Feitas as contas a vitória acabou por sorrir a João Monteiro/Manuel Pereira com o comandante do campeonato, Pedro Santinho Mendes, a alcançar o segundo posto a 35 segundos. Fechou o pódio a dupla Pedro Carvalho/André Guerreiro a quase dois minutos.

Classificação Geral dos SSV:

1º-João Monteiro/Manuel Pereira (Can-Am X3) 2h48:52.7
2º-Pedro Santinho Mendes (Can-Am Maverick) 2h49:28.0
3º-Pedro Carvalho/André Guerreiro (Can-Am X3) 2h50:47.7
4º-Cristiano Sousa Batista/Fábio Zeller (Can-Am Maverick XRS) 2h51:06.1
5º-Luis Cidade/Pedro Mendonça (Can-Am XRS) 2h51:23.7

Nos SSV venceu a dupla João Monteiro -Manuel Pereira.

O tempo primaveril ajudou a que a prova fosse um sucesso. Muito público espalhado pelos troços em romarias de boa disposição onde o cheiro das febras no carvão se misturava com o odor a gasolina. O Centro Cultural Recreativo e Desportivo da Ferraria está de parabéns pela excelente organização.
Venha de lá a edição 33…

Muito público ao longo dos troços cronometrados.

FOTOGALERIA:

*Com David Belém Pereira (fotos).

Nasceu a 30 de Janeiro de 1961 em Lisboa e cresceu no Alentejo, em Santiago do Cacém. Dali partiu em 1980 para ingressar no Exército e no Curso de Enfermagem. Foi colocado em Santa Margarida e por aqui fez carreira acabando por fixar-se no Tramagal em 2000. A sua primeira ligação à Vila "metalúrgica" surge em 1988 como Enfermeiro do TSU. Munido da sua primeira câmera digital, em 2009 e com a passagem à situação de reserva, começou a registar a fauna do Vale do Tejo, a natureza e o património edificado da região, as ruas, as pessoas... Com colaborações regulares em jornais da região e nacionais este autodidata acaba por conseguir o reconhecimento público, materializado em alguns prémios. Foi galardoado na 8ª Gala de Cultura e Desporto de Tramagal na categoria de Artes Plásticas (Fotografia) em 2013.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome