Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Segunda-feira, Outubro 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Tancos | Azeredo Lopes demite-se para proteger Forças Armadas do “ataque político” ao ministro

O ministro da Defesa, Azeredo Lopes, demitiu-se hoje do Governo para evitar que as Forças Armadas sejam “desgastadas pelo ataque político” e pelas “acusações” de que disse estar a ser alvo por causa do processo de Tancos.

- Publicidade -

“Não podia, e digo-o de forma sentida, deixar que, no que de mim dependesse, as mesmas Forças Armadas fossem desgastadas pelo ataque político ao ministro que as tutela”, referiu Azeredo Lopes, na carta enviada ao primeiro-ministro e a que a agência Lusa teve acesso.

O ministro cessante voltou a negar que tenha tido conhecimento, “direto ou indireto, sobre uma operação em que o encobrimento se terá destinado a proteger o, ou um dos, autores do furto”.

- Publicidade -

Quanto ao momento em que decidiu sair, Azeredo Lopes explicou que quis aguardar pela finalização da proposta de Orçamento do Estado para 2019 para “não perturbar” esse processo com a sua saída.

Foto: mediotejo.net

Liderança da NATO “tem toda a confiança” em Portugal – comando da STRIKFORNATO

O Chefe de Estado Maior do comando da NATO em Oeiras, Jason Bohm, disse hoje que a Aliança Atlântica confia plenamente em Portugal no caso do roubo de armas de um paiol militar em Tancos.

“Confiamos que a nossa nação de acolhimento portuguesa fará o que está certo para o povo português. Tenho toda a confiança e segurança e sei que a liderança da NATO tem toda a confiança e segurança na liderança portuguesa”, disse.

Jason Bohm respondia desta forma quando instado a comentar preocupações manifestadas, nomeadamente pela eurodeputada socialista Ana Gomes, sobre o impacto deste caso na imagem internacional de Portugal, designadamente junto da NATO e da União Europeia.

Estas declarações foram feitas horas antes do anúncio de que o ministro da Defesa Nacional, José Azeredo Lopes, apresentou ao primeiro-ministro, António Costa, a sua demissão do Governo.

O furto de material militar dos paióis de Tancos – instalação entretanto desativada – foi revelado no final de junho de 2017. Entre o material furtado estavam granadas, incluindo antitanque, explosivos de plástico e uma grande quantidade de munições.

Em 18 de outubro, a Polícia Judiciária Militar recuperou, na zona da Chamusca, quase todo o material militar que tinha sido furtado da base de Tancos no final de junho, à exceção de munições de nove milímetros.

Contudo, entre o material encontrado, num campo aberto na Chamusca, num local a 21 quilómetros da base de Tancos, havia uma caixa com cem explosivos pequenos, de 200 gramas, que não constava da relação inicial do material que tinha sido furtado, o que foi desvalorizado pelo Exército e atribuído a falhas no inventário.

Entretanto, a Polícia Judiciária deteve, em 25 de setembro, no âmbito da Operação Húbris, que investiga o caso da recuperação das armas furtadas em Tancos, o diretor e outros três responsáveis da Polícia Judiciária Militar, um civil e três elementos do Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Loulé, suspeitos de terem participado no encobrimento do caso.

O responsável do contingente internacional do Comando de Apoio e Projeção de Forças NATO (STRIKFORNATO), sedeado em Oeiras, falava hoje, no porto de Lisboa, a bordo do navio de comando americano USS Mount Whitney, durante a apresentação do exercício militar Trident Juncture 2018, que decorrerá na Noruega, de 25 de outubro a 07 de novembro.

No exercício, que terá lugar na Noruega e áreas circundantes do Atlântico Norte, Mar Báltico, Finlândia e Suécia, participam forças aéreas, marítimas, terrestres, anfíbias e de operações especiais, num total de 45 mil efetivos de 31 países aliados e parceiros da NATO, cerca de 150 aeronaves, 60 navios e submarinos e mais de 10 mil veículos.

Agência de Notícias de Portugal

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome