- Publicidade -

Terça-feira, Janeiro 18, 2022
- Publicidade -

TAGUS financia projetos de valorização do património local e de apoio as coletividades

A TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior abriu candidaturas para apoiar e financiar até 80% projetos a implementar em Abrantes, Constância e Sardoal que se enquadrem na operação  ‘Renovação de Aldeias’, no âmbito do património local e associativismo, entre outros.

- Publicidade -

O concurso, aberto até 14 de janeiro, destina-se a coletividades, associações, autarquias, juntas de freguesia (com exceção das freguesias consideradas não rurais, designadamente, a União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede e a União de Freguesias de Rossio e São Miguel do Rio Torto) e pessoas singulares ou coletivas de direito privado.

Com esta candidatura os destinatários têm a oportunidade de obter um apoio de 80% do investimento total, desde que o custo total elegível seja igual ou superior a 5.000,00€ e inferior ou igual a 200.000,00€.

- Publicidade -

Esta medida do PDR2020 – Programa de Desenvolvimento Rural destina-se a apoiar investimentos que visam preservar, conservar e valorizar os elementos patrimoniais locais, paisagísticos e ambientais, bem como os elementos que constituem o património imaterial de natureza cultural e social dos territórios.

Neste campo de ação estão abrangidos os seguintes investimentos, obras de recuperação e beneficiação do património local, bem como a sinalética de itinerários paisagísticos, ambientais e agroturísticos, a elaboração e divulgação de material documental referente ao património que será intervencionado, contemplando também, ações de sensibilização, produção e edição de publicações ou registos videográficos e fonográficos e ainda outros investimentos relativos aos património imaterial, designadamente, a aquisição de trajes, estudos de inventariação do património rural, incidindo nas artes tradicionais, da literatura oral e de levantamento de expressões culturais.

- Publicidade -

Este novo aviso permite ainda a criação ou melhoria de infraestruturas de coletividades locais, onde as populações possam desenvolver atividades culturais, desportivas, bem como atividades de empreendedorismo social de base comunitária.

Trata-se do quinto anúncio que a Associação promove no Ribatejo Interior, no âmbito desta operação a TAGUS já apoiou 14 projetos de preservação, conservação e valorização do património local de Abrantes, Constância e Sardoal.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome