Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Outubro 18, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Taça de Portugal | Tomar com atitude é afastado por Vilafranquense de outro escalão

O União de Tomar foi afastado da Taça de Portugal na segunda eliminatória da competição, em jogo disputado na cidade do Nabão e em que defrontou o Vilafanquense, do Campeonato de Portugal. A vitória por 0-3 dos forasteiros é demasiado pesada para o trabalho desenvolvido pelos pupilos de Lino Freitas, num dia em que fez a festa do futebol, com muitos adeptos no estádio de Tomar.

- Publicidade -

Foto: João Flores

Equipas de escalões diferentes, com dificuldades naturais para os da casa, que disputam o campeonato distrital da 1ª divisão da AF Santarém. Entrou melhor o Vilafranquense, mas o Tomar tapava bem os caminhos. Os da casa seguravam bem o jogo e tentavam a sua sorte de vez em quando, explorando o contra ataque.

- Publicidade -

Nos últimos minutos da primeira parte os forasteiros tentaram sair a ganhar mas sem sucesso. Ao intervalo era justo o resultado de 0-0. Mas a equipa do Vilafranquense tinha que fazer mais e assim apareceu no segundo tempo.

Foto: João Flores

Na segunda parte o Vilafranquense apareceu mais rápido e o golo surgiu há hora de jogo por Pedro Garcia. O União de Tomar não baixou os braços, deu luta, e Nuno Rodrigues e David Vieira estiveram mesmo à beira do empate.

Curiosamente, foi depois do União de Tomar ter enviado uma bola ao poste, por David Vieira, que na resposta surgiu o segundo golo do Vilafranquense, marcado pelo mesmo jogador. Estávamos a poucos minutos do final do jogo e a hipótese de um prolongamento perdia-se ali.

E foi três minutos depois, em cima dos 90′, que surge novo golo por Geovani, já a castigar uma equipa cansada e que não merecia um resultado tão dilatado, pela forma como se bateu. Boa arbitragem de Pedro Viveiros que viajou desde a Madeira.

Foto: João Flores

Árbitro: Pedro Viveiros. Assistentes: Norberto  Calaça e Emídio Félix.

União de Tomar:

Nuno Ribeiro, David Vieira, Kiko, Alan, Diogo Gaspar, Faustino(André Lopes), Filipe Cotovio, Nuno Rodrigues (cap), Rui Lopes (Flávio Graça), J. P.  Nascimento, Diogo Pereira (Pires).

Treinador: Lino Freitas.

Suplentes: Brito, Monteiro, Telmo Ferreira, Dani.

União D. Vilafranquense

Nelson Pinhão (Rodrigo), Paulo Raposo Antunes, Izata, Anta (cap) (Geovani) Luís Pinto, Marco Grilo, Ragner, Steb, Fred (Igor), Pedro Garcia.

Treinador: Vasco Matos

Suplentes: Bento, China, Jerson.

No final ouvimos o treinador da equipa do União de Tomar:

Lino Freitas-Treinador do U.Tomar

*Jorge Duarte – parceria rádio Hertz e mediotejo.net

Irreverente, frontal e critico. Nasceu em Abrantes no melhor ano do
século passado: 1969, ano em que o Homem foi à Lua. Nos tempos de liceu queria ser jornalista, tendo optado por essa área, onde pela mão do Prof. Alcino Serras deu os primeiros passos na profissão, tendo começado mais a sério na Radio Antena Livre, no final da década de 80. Desde essa altura, o 'bichinho' ficou, tendo colaborado com várias rádios e jornais. Gosta de colecionar amigos e de se dar bem com toda a gente (mesmo sabendo que isso não é possível).

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome