Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Setembro 22, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Taça de Portugal | Equipas da região já conhecem adversários da 1ª eliminatória

Domingo, dia 8 de setembro, disputa-se a 1.ª eliminatória da Taça de Portugal. Na série E, Sertanense e Elétrico jogam em casa frente a Oleiros e Benfica e Castelo Branco, respetivamente, ao passo que Vitória de Sernache e Fátima deslocam-se aos campos do Águias de Moradal e Marinhense. Na série F, o União FC Almeirim recebe a UD Santarém SAD e o Coruchense vai jogar ao terreno do Sintrense SAD.

- Publicidade -

A primeira ronda da Taça de Portugal Placard será disputada a 8 de setembro e envolve 110 emblemas. Neste arranque do caminho para o Jamor participam 110 emblemas: 68 equipas do Campeonato de Portugal e as restantes 42 pertencem aos campeonatos distritais.

Os clubes da Ledman Liga Pro integram a prova na segunda ronda. Os clubes da Liga NOS entram na Taça de Portugal Placard à terceira jornada.  As equipas foram divididas em oito séries e os jogos serão disputados a 8 de setembro (domingo).

- Publicidade -

Confira o resultado completo do sorteio das séries E e F, da área de influência do mediotejo.net:

Série E

CDC Vila Velha Ródão (D) – Caldas SC

AC Marinhense – CD Fátima SAD

GD Águias do Moradal (D) – GD Vitória Sernache

Sertanense FC – ARC Oleiros

UD Leiria SAD – FC Crato (D)

Eléctrico FC Ponte Sor – Sport Benfica Castelo Branco

GR Amigos da Paz (D) – AD Portomosense (D)

Série F

SU Sintrense SAD – GD O Coruchense (D)

União FC Almeirim (D) – UD Santarém SAD

GD São Roque Ponta Delgada (D) – SC União Torreense SAD

Clube Sintra Football – GS Loures

FC Alverca – SG Sacavenense

CA Pero Pinheiro (D) – SU 1.º Dezembro

ACDR Coutada (D) – Fayal SC (D)

*Legenda:

D – Campeonatos Distritais

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome