Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Outubro 21, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sertã | Valnor entrega equipamento a IPSS da Cumeada

A Valnor, empresa de resíduos sólidos do Norte Alentejano, entregou ao Centro de Apoio à Terceira Idade de Sant’Ana, na Cumeada, Sertã, o equipamento decorrente da participação desta IPSS no programa de reciclagem durante o ano 2018.

- Publicidade -

O programa promovido pela Valnor, intitulava-se “A sua ajuda é fundamental” e consistia na recolha de embalagens de plástico/metal e de papel/cartão, de modo a que o resultado desta recolha revertesse na doação, por parte da VALNOR, de Equipamentos de Apoio Técnico para pessoas carenciadas ou em equipamentos para as próprias instituições.

O Centro de Apoio à Terceira Idade de Sant’Ana, na Cumeada, aderiu à iniciativa, tendo recolhido resíduos de plástico/metal e de papel/cartão que foram revertidos num ferro de engomar, equipamento escolhido pela referida IPSS e que foi entregue no dia 1 de abril, pela Valnor à direção do Centro de Apoio, na presença de representantes do Município da Sertã e utentes e funcionários do Centro.

- Publicidade -

Esta iniciativa integra-se na parceria que o Município da Sertã tem estabelecido ao longo dos anos com a Valnor, com o objetivo de sensibilizar a população para as boas práticas ambientais, para que cada vez mais pessoas cumpram a sua missão cívica de separar os resíduos permitindo, deste modo, que sejam encaminhados para reciclagem.

A edição 2019 desta campanha intitula-se “EcoValor” e tem as candidaturas abertas até 10 de abril. Podem inscrever-se corporações de bombeiros, associações, IPSS’s, lares de idosos, clubes desportivos, paróquias, escuteiros, associações/instituições, etc. Mais informações sobre esta campanha podem ser obtidas através do 245610040, geral@valnor.pt ou em www.valnor.pt

Ao participar nesta iniciativa, as entidades “estão a contribuir para os objetivos de aumentar as quantidades de plástico, metal, pacotes de bebida, papel e cartão encaminhados para a reciclagem, preservando o meio ambiente, com a mais-valia de receber em contrapartida um valor em géneros pela atitude, postura e conduta ambientalmente responsáveis”, sublinha o Município da Sertã em nota de imprensa.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome