- Publicidade -

Segunda-feira, Dezembro 6, 2021
- Publicidade -

Sertã | Rali Histórico reuniu mais de 40 equipas

O concelho da Sertã recebeu no dia 7 de abril a 7ª edição do Rali Histórico com a participação de mais de 40 equipas. A prova marcou o arranque do Campeonato de Portugal de Regularidade Histórica 2019, sendo constituída por 15 provas especiais ao longo de cerca de 270 km de extensão.

- Publicidade -

No briefing que antecedeu o início do Rali, Paulo Luís, Coordenador do Desporto da CMS, deu as boas-vindas aos pilotos, agradeceu o empenho do Lusitânia Automóvel Clube e elogiou a escolha do traçado do rali “que permite ver as mais belas paisagens da Sertã”.

A chuva veio dificultar e complicar a vida aos concorrentes, embora os incidentes ocorridos não tenham tido consequências de maior.

- Publicidade -

As atenções estiveram viradas sobretudo para as provas especiais realizadas em Cernache do Bonjardim, junto ao Campo de Ténis, e na Sertã, na avenida contígua ao terminal rodoviário. João Paulo Martinho e Tiago Caio foram os vencedores do Rali, ao volante do Ford Escort XR3 de 1981. David Matos e Pedro Meixedo classificaram-se em 2° lugar no Peugeot 205 GTI, de 1989, e o 3° lugar foi arrecadado pela dupla Paulo Tavares Marques e António Caldeira aos comandos do BMW E21 323i de 1981.

António Simões, adjunto do presidente da Câmara Municipal da Sertã, na cerimónia de entrega de prémios referiu que “apesar de a chuva ser um factor dissuasor, o rali atingiu os seus objectivos de proporcionar espectáculo e divulgar o concelho da Sertã, conquistando um lugar cada vez mais sólido nos panoramas turístico e desportivo a nível nacional”.

António Carlos Ramos, do Lusitânia Automóvel Clube sublinhou a satisfação dos concorrentes, referindo que “o aumento de inscrições de equipas espanholas vem atestar a qualidade e o interesse da prova”.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome