Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Novembro 28, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sertã | PSD homenageou Alice Coluna por 24 anos como Presidente da Assembleia de Freguesia de Cernache do Bonjardim

Alice Coluna, a primeira mulher a ser eleita para a Assembleia de Freguesia de Cernache do Bonjardim e a primeira mulher presidente de um órgão autárquico eleita pelo PSD no concelho da Sertã, foi homenageada por este partido no dia 30 de outubro.

- Publicidade -

No jantar, que contou com a presença de Isaura Morais, Vice-presidente da Comissão Política Nacional do PSD, a estrutura concelhia do partido reconheceu “a longa e abnegada dedicação de Alice Coluna à causa pública”.

Maria Alice Marques Coluna nasceu a 30 de março de 1944 em Cernache do Bonjardim. Trabalhou enquanto técnica de exploração postal nos correios de Portugal durante 42 anos. Casada e mãe de 4 filhos, Alice Coluna é militante do PSD desde 1997, altura em que foi convidada a fazer parte de uma lista candidata à Assembleia de Freguesia de Cernache do Bonjardim, tornando-se assim a primeira mulher a ser eleita para a Assembleia de Freguesia de Cernache do Bonjardim e a primeira mulher presidente de um órgão autárquico eleita pelo PSD no concelho da Sertã. Desde então, e até ao dia 26 de setembro, Alice Coluna assumiu funções de Presidente da Assembleia de Freguesia de Cernache do Bonjardim.

- Publicidade -

A ex-Presidente da Junta de Freguesia, Filomena Bernardo, ausente por motivos de força maior, enviou uma mensagem que foi lida pela deputada Cláudia André: “A D. Alice é o meu ídolo, foi ela que sempre me incentivou a não desistir. Esteve sempre ao meu lado. Obrigada por existir na minha vida e ser um exemplo de mulher, esposa, mãe e política.”

A representar a concelhia do PSD Sertã esteve o Vice-Presidente, Paulo Farinha Luís, que salientou a gratidão do partido por todos aqueles que durante anos lutaram e lutam pelo concelho. “A D. Alice esteve lá quando interessava, apenas pelo gosto que temos pela terra e pelo que sonhamos para a nossa terra. Não esteve lá por causa de quotas. É verdade que só foi eleita mais tarde, mas ela fez parte das listas candidatas em 1976 e não havia nenhuma lei que obrigasse a isso. A D. Alice é um exemplo e é nela que o PSD Sertã tem muito orgulho.”

João Patrício, na qualidade de colega de trabalho dos CTT, também fez questão de marcar presença na cerimónia afirmando que “foi uma honra e privilégio ter trabalhado com ela”. “Posso dizer-vos que, ainda hoje, o nome dela é badalado em algumas situações na empresa, sempre no bom sentido. E por isso tinha que estar aqui para lhe dizer um grande obrigado pela pessoa que é e pelo que tem feito pela nossa terra”, enalteceu.

Isaura Morais, vice-presidente da nacional do PSD, que afirmou não perder nenhuma oportunidade de reconhecer “aquelas e aqueles, e hoje em especial a D. Alice, que dizem presente quando são desafiados para um projeto autárquico”, congratulou-se pelas palavras preferidas, até porque também ela se afirmou como “uma mulher do poder local”.

No final, Alice Coluna mostrou-se “bastante comovida”, afirmando que não tinha palavras para agradecer: “A todos muito obrigada, do fundo do coração.”

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome