- Publicidade -

Sertã | Problemas na via pública obrigam a cortes no trânsito

Um prédio em perigo de colapso e a necessidade de poda de uma árvore vão obrigar a alterações de trânsito nos dias 20 e 23 de fevereiro, na Sertã e em Pedrógão Pequeno, respetivamente.

- Publicidade -

No dia 20 de fevereiro, na Rua Cândido dos Reis (vulgo Rua do Vale), na Sertã, o trânsito estará cortado, entre as 7h30 e as 20 horas, para serem realizados trabalhos de demolição de prédio devoluto em perigo eminente de colapso para a via pública. Como alternativa a autarquia sugere o percurso pela Praça da República, seguindo pela Rua da Celinda e pela Avenida Ângelo Henriques Vidigal. No local será colocada a sinalização de desvio de trânsito.

No dia 23 de fevereiro, em Pedrógão Pequeno, na Rua D. Manuel I (EN2), o trânsito estará condicionado junto às bombas de combustível, entre as 8 e as 19 horas, circulando de forma alternada, sendo colocada sinalização no local. Este condicionamento é motivado por trabalhos de poda de uma árvore (plátano) de grande porte localizada junto à referida via.

- Publicidade -

Em comunicado, a Câmara Municipal da Sertã apela à compreensão de todos para os eventuais constrangimentos resultantes das alterações de trânsito e dos trabalhos a desenvolver.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).