Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Agosto 4, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sertã | Plantas Medicinais ganham destaque na iniciativa “Cafés de Ciência”

No dia 30 de maio, à partir das 18h, o SerQ – Centro de Inovação e Competências da Floresta, na Sertã, acolhe mais uma sessão de “Cafés de Ciência”, desta feita alusiva ao tema “Plantas medicinais – paliativas ou medicinais?”, dinamizada por Maria da Graça Campos, do Observatório de Interações Planta-Medicamento da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra.

- Publicidade -

Em nota de imprensa os organizadores informam que “as Plantas Medicinais sempre fizeram parte do processo curativo das populações, no entanto, com a alteração da legislação dos Suplementos Alimentares no Senado Americano em 1990, criou-se um mercado que as explora sem fronteiras incentivando um uso indiscriminado das mesmas que conduz muitas vezes a acidentes graves, com compromisso até da vida humana”.

Maria da Graça Campos é coordenadora do Observatório de Interações Planta-Medicamento da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra onde é docente e investigadora há 32 anos. Pertence a vários grupos de trabalho no âmbito das Plantas Medicinais nomeadamente na Organização Mundial de Saúde, na “International Regulatory Cooperation for Herbal Medicines (Cooperação Internacional na Regulação dos
Medicamentos à Base de plantas), no INFARMED – Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, na Comissão da Farmacopeia Portuguesa aonde estão inscritas as Plantas medicinais, no Grupo de trabalho “GT Definição de fronteiras entre medicamentos e suplementos alimentares” e na Administração Central do Sistema de Saúde, no Conselho Consultivo para as Terapêuticas não Convencionais.

- Publicidade -

Os “Cafés de Ciência” são conversas informais sobre ciência, abertas a todas as idades, integradas no ciclo de conversas promovido pelo SerQ em parceria com Município da Sertã e o Exploratório – Centro de Ciência Viva de Coimbra. Com participação gratuita, os “Cafés de Ciência” decorrem na última terça-feira de cada mês, até ao final do ano, das 18 às 19 horas, nas instalações do SerQ, na Zona Industrial da Sertã.

Vinicius Alevato, 30 anos, estudante de comunicação, está a aprender a
observar uma região com o olhar atento aos factos. Acredita no
jornalismo de proximidade e na importância de servir as pessoas através
da boa informação.

- Publicidade -
- Publicidade -

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome