Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Outubro 21, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sertã | Pelouros concentrados no presidente à excepção das Obras e Protecção Civil

A maioria dos Pelouros da Câmara Municipal da Sertã vão ficar concentrados no presidente do município, José Farinha Nunes (PSD) – coadjuvado pelo staff da presidência – sendo que o único pelouro que foi distribuído, até ao momento, é o das Obras e Protecção Civil que  tal como no mandato anterior fica a cargo do vice-presidente, Rogério Farinha.

- Publicidade -

Deste modo, apenas este último vereador do PSD fica em regime de tempo inteiro na autarquia, apesar de terem sido eleitos quatro vereadores sociais-democratas para o executivo. A vereadora Cláudia André (PSD) –  que no mandato 2009/2013 teve 5 pelouros; e no mandato 2013/2017 teve 4 pelouros (Ação Social, Cultura, Educação e Turismo) –  já voltou à sua actividade profissional.

Vereadores Cláudia André, Jorge Coluna e Mário Simões, eleitos pelo PSD, ficam a tempo parcial e sem pelouros atribuídos Foto: mediotejo.net

- Publicidade -

A situação foi confirmada pelo presidente do município na reunião pública de câmara desta quinta-feira, 2 de novembro, quando questionado pelo vereador do Partido Socialista, Carlos Miranda.

“Gostaria de saber qual vai ser a orgânica da câmara”, questionou o vereador socialista, ao que José Farinha Nunes respondeu que a maior parte dos pelouros ficam à sua responsabilidade. “Neste momento, os pelouros são meus e vou-me rodear das pessoas que penso que são indicadas para desempenhar essa função. Mas Obras e Protecção Civil são com o vereador Rogério”, explicou.

Vereador Carlos Miranda, do PS, considera que com esta concentração de pelouros se vai criar um “governo-sombra” na Sertã dado que são pessoas que não foram eleitas que vão tomar decisões Foto: mediotejo.net

“Isso significa que só o senhor presidente ou o vereador Rogério fiquem com pelouros. De facto, o que acaba de dizer deixa-me preocupado por duas razões: vai distribuir a gestão por pessoas do seu gabinete, pessoas que vão ter o poder de decidir politicas autárquicas e que não se apresentaram a votos. Parece que estamos a criar uma espécie de governo-sombra que não foi sufragado nas urnas. É uma situação inédita que me traz preocupação. Gostaria de ver uma equipa unida e coesa a bem da Sertã”, disse Carlos Miranda.

José Farinha Nunes justificou esta decisão com o facto de muitas competências do Governo Central ainda não terem sido transferidas para o município, pelo que assim que chegarem alguns pelouros irão ser redistribuídos.

“Quando soubermos quais as competências que vamos ter poderemos reestruturar de outra forma”, disse, acrescentando que também os vereadores da oposição vão entrar nessa equação.

A “descolagem” dos vereadores eleitos pelo PSD em relação ao presidente da autarquia foi notória na intervenção dos vereadores Mário Simões e Jorge Coluna no ponto destinado aos assuntos de interesse para o município, com estes dois eleitos a apresentar algumas situações que a seu ver carecem de atenção ou resolução por parte do município.

Jorge Coluna levantou a questão da isenção do IMI para as vítimas dos fogos florestais, considerando que o Governo deve ser pressionado pelas autarquias para prever a isenção dos edifícios rústicos que arderam caso contrário vão pagar por algo que já não existe.

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

2 COMENTÁRIOS

  1. Agradecia que corrigissem a imprecisão dos pelouros da Vereadora Cláudia André fosse corrigida: no mandato 2009/2013 tive 5 pelouros e no mandato 2013/2017 tive 4 pelouros: Ação Social, Cultura, Educação e Turismo . Agradecia que alterem a notícia. O meu número de Telemóvel continua o mesmo, se necessitarem de alguma informação poderão contatar-me diretamente, Cumprimentos e votos de bom ano, Cláudia André

    • Retificado, senhora vereadora Cláudia André. obrigado pela observação. melhores cumprimentos e votos de um Bom Ano 2018, para si e para os seus

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome