Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Outubro 23, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sertã | Obras no Mercado Municipal arrancam este mês

As obras no Mercado Municipal de Sertã vão arrancar em janeiro, avançou ao mediotejo.net o presidente da Câmara, José Farinha Nunes. Com a candidatura aprovada para um apoio financeiro de 85%, o mercado será alvo de uma requalificação considerada “extremamente importante” pelo Executivo, tal como a obra no Mercado Municipal de Cernache do Bonjardim, que deverá arrancar no segundo semestre de 2019.

- Publicidade -

Com o concurso lançado para a empreitada da requalificação do Mercado Municipal da Sertã “as obras deverão começar em janeiro ou fevereiro”, avançou ao mediotejo.net o presidente da Câmara Municipal de Sertã, José Farinha Nunes (PSD).

A candidatura da Requalificação do Edifício do Mercado Municipal da Sertã a fundos europeus foi aprovada tem um investimento elegível de 687.790,00 euros, cofinanciado à taxa de 85% pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) no âmbito do Programa Portugal 2020. A comparticipação da Câmara Municipal é de 15 por cento.

- Publicidade -

A requalificação compreende a remodelação de todo o edifício com substituição da cobertura, novas redes de água, saneamento, eletricidade e comunicações, beneficiando ainda as condições de salubridade e de acessibilidade. A intervenção visa ainda dotar de polivalência funcional o edifício, permitindo uma utilização quotidiana de todo o equipamento.

De acordo com os termos da candidatura submetida pela autarquia, o projeto tem como objetivo “preservar e proteger o ambiente e promover a eficiência dos recursos”. A obra tem um prazo de execução de 300 dias.

Para o requalificado Mercado Municipal de Cernache do Bonjardim “não há candidatura mas está previsto que as obras arranquem ainda em 2019”, indicou o autarca. Uma obra no valor de “meio milhão de euros suportado na totalidade pela Câmara da Sertã, se não houver entretanto enquadramento”, nota José Farinha Nunes.

O presidente considera “um grande investimento”, mas qualifica-o de “indispensável”. O Mercado Municipal de Cernache “não está em condições de funcionar legalmente”, admite. “Atualmente está aberto ao público mas funciona mal e tem pouco movimento. Quando tiver condições, garantidamente irá recuperar o movimento que não tem tido até agora”, considera José Farinha Nunes.

A obra encontra-se prevista no Orçamento Municipal para 2019, mas isso “não quer dizer que seja concluída este ano”, sublinha. No entanto, assegura estar tudo planeado para que arranque este ano: “O projeto está pronto, depois teremos de abrir concurso público e no segundo semestre começará garantidamente.”

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome