Sertã | Nuno Álvares Pereira deve alavancar Turismo Religioso em Cernache do Bonjardim

O executivo camarário da Sertã, reunido a 4 de janeiro no auditório da União de Freguesias de Cernache do Bonjardim, Nesperal e Palhais, foi unânime em concordar que se deve tirar um maior proveito em redor da figura de  S. Nuno de Santa Maria (Nuno Álvares Pereira) para alavancar o Turismo Religioso em Cernarche de Bonjardim, vila onde nasceu o Santo Condestável.

O vereador do PS, Ramos Moreira, fez a primeira intervenção da reunião, para abordar este mesmo assunto, considerando que existe a necessidade de se potenciar definitivamente o nome de Nuno Álvares Pereira para alavancar a vila, sugerindo uma maior dinamização do turismo histórico/cultural e religioso.

“À volta desta figura incontestável portuguesa, devíamos conseguir encontrar formas de a divulgar e promover no contexto histórico e religioso”, considerou, sugerindo que este seria um trabalho que poderia ser desenvolvido pela Câmara da Sertã em conjunto com o Crato, Alcobaça, Lisboa, Batalha ou outros municípios que têm motivos para fazer algo em torno desta figura histórica.

PUB

Junta de Freguesia de Cernache do Bonjardim foi palco da primeira reunião de 2017 do executivo camarário da Sertã Foto: mediotejo.net

O vereador socialista sugeriu ainda que se constituísse uma comissão ao redor desta iconografia de modo a se desenvolver um circuito histórico/cultural itinerante nesta vasta região”. Um projecto que, na sua opinião, devia contar com o apoio das Regiões de Turismo do Alentejo, Fátima, Centro e de Lisboa e Vale do Tejo”, uma vez que tudo o que se tem sido feito “não se compagina com a importância e grandeza que S. Nuno teve no Município e da região”.

José Farinha Nunes (PSD), presidente da Câmara da Sertã, reconheceu que “São Nuno de Santa Maria merece muito mais do que aquilo que tem sido investido até hoje”.

O autarca revelou que existe um projeto bastante mais interessante do que os anteriores para S. Nuno de Santa Maria, concordando que não se tem aproveitado o facto de S. Nuno ter nascido em Cernache do Bonjardim. “Vamos investir mais no turismo religioso e envolver outros municípios”, disse.

Reunião descentralizada foi presenciada por cerca de duas dezenas de populares Foto: mediotejo.net

Um dos munícipes sugeriu, a propósito deste assunto, que fosse conatruído na vila um centro interpretativo em colaboração com a Fundação Aljubarrota ou um roteiro religioso para o concelho e uma Capela no local do nascimento do Santo “para atrair os devotos”.

Também para Carlos Miranda, diretor Pedagógico do Instituto Vaz Serra (IVS), tudo o que envolve Nuno Álvares Pereira “tem que passar a ser uma realidade e deixar de ser uma ideia” de modo a se retirar proveito desta figura para “gerar desenvolvimento e fixar pessoas em Cernache”.

 

PUB
Elsa Ribeiro Gonçalves
Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).