Sertã: Munícipe pede celeridade no abastecimento de água ao Brejo da Correia

Ilídio Mendes, morador na localidade de Brejo da Correia, foi à reunião de Câmara da Sertã solicitar celeridade na resolução do abastecimento de água a esta aldeia Foto: mediotejo.net

A água está a chegar quente ao fontanário do Brejo da Correia, localidade no concelho da Sertã, alertou um munícipe esta quarta-feira, dia 20, durante a realização da reunião de Câmara onde pediu que o problema do abastecimento de água a esta localidade seja resolvido ainda durante este verão.

PUB

Ilídio Mendes, morador no Brejo da Correia, localidade da União de Freguesias de Cernache do Bonjardim, Nesperal e Palhais, que já este ano foi notícia devido aos valores elevados de alumínio na água do fontanário, esteve na última reunião do Executivo camarário da Sertã, em representação dos moradores da aldeia, onde solicitou que o problema do abastecimento de água seja solucionado com a maior brevidade possível.

Recorde-se que, na sequência do alerta dado pelo Delegado de Saúde Pública do Concelho da Sertã, José Tavares Fernandes, também durante uma reunião de Câmara, em abril passado, onde falou dos níveis “preocupantes” de alumínio no fontanário do Brejo da Correia, a autarquia, durante o mês de maio, instalou uma tubagem nova à superfície para fazer chegar a rede pública à localidade.

PUB

Na reunião de Câmara desta quarta-feira, Ilídio Mendes questionou o presidente da autarquia para quando estava prevista a obra que irá enterrar o referido tubo, dando conhecimento de que a água está a chegar quente ao fontanário do Brejo da Correia.

José Farinha Nunes, presidente da Câmara Municipal da Sertã, informou que a autarquia já apresentou uma candidatura para fazer o abastecimento de água ao local, incluindo a construção de um reservatório, de modo a que consigam um financiamento de 85% do custo das obras necessárias neste âmbito em todo o concelho, nas povoações com estes problemas no concelho da Sertã.

PUB
Presidente da Câmara Municipal da Sertã sublinhou que a autarquia está a aguardar a aprovação de uma candidatura a fundos comunitários para poder avançar com a obra de abastecimento de água ao Brejo da Correia Foto: mediotejo.net
Presidente da Câmara Municipal da Sertã sublinhou que a autarquia está a aguardar a aprovação de uma candidatura a fundos comunitários para poder avançar com a obra de abastecimento de água ao Brejo da Correia Foto: mediotejo.net

“Esperemos que ela [candidatura] seja aprovada e se for terá de ser uma empresa a fazer a obra e não a Câmara Municipal e implicará lançamento de concurso público”, salientou José Farinha Nunes dizendo ainda que o tubo colocado na localidade do Brejo da Correia “é provisório” e que será a empresa vencedora do concurso público a executar a obra de abastecimento de água a esta localidade que se realizará “ainda este ano”.

Ilídio Mendes questionou José Farinha Nunes o que acontece caso esta candidatura não seja aprovada ao que o presidente da autarquia respondeu que “se não for aprovada, a obra terá de ser feita”.

No final da sua intervenção, o munícipe salientou que “ao longo destes anos de a autarquia ter fornecido água com excesso de alumínio, as pessoas do Brejo da Correia merecem ser compensadas de qualquer forma por esta situação que se arrasta há anos”, deixando a sugestão de que “a Câmara deveria de pensar numa forma de compensar estas pessoas”, remetendo para uma lista que já foi enviada para a autarquia que enumera alguns benefícios que a população gostaria de ter.

“Não estão esquecidos”, concluiu José Farinha Nunes, dando por encerrada a reunião de Câmara.

A próxima reunião do executivo camarário da Sertã realiza-se a 31 de agosto, às 15h.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here