Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Julho 28, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sertã: Munícipe aconselha autarquia a ponderar reconstrução do Centro de Saúde

A construção de um novo centro de saúde na Sertã esteve em discussão durante a última reunião de Câmara. Autarquia tem prevista a construção de um novo edifício mas munícipe Fernando Pereira aconselha o Município a ter um “plano B”, com a recuperação do Centro de Saúde existente.

- Publicidade -

A construção de raiz de um novo edifício para albergar o Centro de Saúde da Sertã é um dos grandes objetivos da autarquia para 2016. Para o efeito, a Câmara Municipal tem disponível mais de um milhão de euros no Orçamento e Grandes Opções do Plano para 2016 para concretizar a obra.

Na última reunião do Executivo camarário, que se realizou no dia 23 de dezembro, no período destinado à intervenção do público, o munícipe Fernando Pereira referiu que “não acredita na construção de um edifício novo para o Centro de Saúde da Sertã” e aconselhou a autarquia a ter um “plano B que passa pela recuperação do edifício existente”. “Temos de ter um plano B porque eu não acredito que o novo centro de saúde venha a ser construído por questões políticas”, afirmou Fernando Pereira.

- Publicidade -

Fernando Pereira referiu que “tive o cuidado de falar com todos os médicos do Centro de Saúde da Sertã que dizem que aquele centro de saúde tem capacidade para crescer e de ser um bom centro de saúde”, ao que José Farinha Nunes respondeu “se for deitado abaixo”.

Fernando Pereira refere que já esteve no local e que “é possível recuperá-lo e até de fazer as obras sem sair de lá”.

O presidente da autarquia da Sertã salienta que “aquele edifício tem problemas estruturais” e que fica mais barato construir de raiz do que reconstruir o edifício existente.

Recorde-se que a Câmara da Sertã já comprou o terreno, junto aos Bombeiros, onde nascerá o novo Centro de Saúde.

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome