Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Outubro 16, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sertã | Maratona da Leitura da Biblioteca Municipal recebe Menção Honrosa da DGLAB

A iniciativa Maratona da Leitura da Sertã – 24 horas a ler, promovida pela Biblioteca Municipal Padre Manuel Antunes, recebeu uma das quatro menções honrosas atribuídas no âmbito da 4ª edição do Prémio Boas Práticas em Bibliotecas Públicas Municipais, promovido pela Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB).

- Publicidade -

Aquela que é considerada “a maior festa da leitura em voz alta do país” receberá uma das Menções Honrosas atribuídas pela DGLAB, que “serão entregues em data a anunciar”.

A “Maratona de Leitura – 24 Horas a Ler“, da Biblioteca Municipal Padre Manuel Antunes, é uma atividade de promoção da leitura, que pretende reunir pessoas de todas as idades, que não só são convidadas a ler preenchendo 24 horas de leitura feita em voz alta, como também a participar num programa alargado e com atividades complementares, que contém encontros com escritores, passeios temáticos, encontro de bibliotecas itinerantes e contadores de histórias, feiras do livro, visualizações de documentários e apresentações de obras.

- Publicidade -

O evento, que em 2018 assinalou a sua 7ª edição homenageando o sertaginense Padre Manuel Antunes s.j., no âmbito do centenário do seu nascimento, já homenageou outras figuras como o designer dinamarquês Niels Fischer, o escritor Fernando Pessoa e o cernachense D. Nuno Álvares Pereira.

Segundo a sinopse constante no site da DGLAB, a Maratona “consiste na promoção de um evento diferenciador, motivando a população para a leitura através do desafio da leitura em voz alta ao mesmo tempo que pretende promover a valorização socioeconómica da região facilitando o acesso a diferentes formas de expressão cultural e contribuir para a coesão territorial através do envolvimento da comunidade”.

Ana Sofia Marçal e a equipa da Maratona de 2018, encerraram esta 7ª edição, no palco do Castelo da Sertã. Foto: Vitorino Coragem

Também receberam esta distinção os projetos “Os 10 temas de Ciência do Ano. Ciclo de conferências de divulgação científica”, da Biblioteca Municipal de Beja – José Saramago, “Ciência P’ra que te Quero”, da Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, Braga, em parceria com a Universidade do Minho/Escola de Ciência,

Quanto ao Prémio Boas Práticas em Bibliotecas Públicas Municipais, promovido pela DGLAB desde 2014, não foi atribuído a nenhum dos 31 projetos com candidaturas submetidas.

“Após análise das candidaturas foi decisão do júri não atribuir o Prémio a nenhum dos 31 projetos apresentados”, lê-se na informação divulgada pela DGLAB esta segunda-feira, onde se justifica que “o júri considerou [por unanimidade] que nenhuma das candidaturas configuravam verdadeiras boas práticas em bibliotecas públicas, inovadoras e passíveis de replicação a baixos custos”, considerando-se que “a maioria dos projetos, apesar de meritórios, correspondem a atividades regulares, apresentam elevados custos de execução e/ou têm pouca capacidade de replicação”, pode ler-se.

 

fonte: Portal das Bibliotecas da DGLAB

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome