Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Julho 31, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sertã | JSD Distrital de Castelo Branco debate a Europa

A JSD Distrital de Castelo Branco vai realizar as Jornadas Europeias, uma festa de ideias que se realiza este sábado, dia 12 de novembro, na Casa de Espetáculos e da Cultura da Sertã.

- Publicidade -

“Esta é uma iniciativa que pretende assinalar os 30 anos de Portugal na Europa, estimular o debate sobre a Europa que fomos, a Europa que temos e a Europa que queremos ter”, refere a organização, em comunicado.

Vão participar no encontro diversos Eurodeputados (de várias forças políticas), ex-Ministros, ex-Secretários de Estado e docentes de várias instituições de ensino superior do país, num evento que contará ainda com a participação de alguns deputados à Assembleia da República e de uma ex-Presidente desta instituição, entre outras personalidades.

- Publicidade -

A JSD vai lançar várias questões sobre a Europa: As instituições Europeias são soberanas? Vale a pena uma Europa Federal? A Europa trouxe progresso? Portugal deve continuar no Euro? Devemos fechar as fronteiras aos refugiados? Que Europa queremos para o futuro? O terrorismo condiciona a nossa liberdade? – e muitas outras que serão levantadas e cujas soluções serão sugeridas pelos oradores, “coerentes e ideologicamente distintos”, que foram desafiados a integrar os diversos painéis deste encontro.

“Só há verdadeira Democracia com cidadãos que participam no Governo de si próprios. E para saber participar há que estar informado. Estamos convictos de que as “Jornadas Europeias” cumprem esse dever porque acreditamos que a discussão se faz de liberdade, responsabilidade e isenção, mas sobretudo de pluralismo político e ideológico”, conclui a nota de imprensa da organização.

PROGRAMA:

09:30/10:00 – Sessão de abertura, com as participações de:

– Daniel Luís, presidente da JSD/Sertã;
– José Farinha Nunes, presidente da Câmara Municipal da Sertã;
– Manuel Frexes, presidente do PSD/Castelo Branco;
– Cristóvão Simão Ribeiro, presidente da JSD;
10:00/11:00 – “Um retrato da Europa: da criação aos dias as hoje”, por Carlos Coelho, eurodeputado do PSD;
11:20/13:00 – “O papel de Portugal na Europa. A Europa trouxe progresso?”, com a moderação de Alvaro Batista e as participações de:
– Maria Luís Albuquerque, ex ministra das Finanças;
– Carlos Costa Neves, ex ministro das Assuntos Parlamentares;
– Liliana Reis, docente da Universidade da Beira Interior (UBI);
– Fernando Ruas, eurodeputado do PSD (por vídeo);
13:00/15:30 – Almoço/conferência “Uma Europa Federal?”, com moderação de João Paulo Meireles e as participações de:
– Sofia Ribeiro, eurodeputada do PSD: “+ Açores na UE”;
– José Manuel Fernandes, eurodeputado do PSD (por vídeo);
– Miguel Poiares Maduro, ex minitro Adjunto e do Desenvolvimento Regional (por vídeo);
15:30/17:00 – “Os novos desafios da Europa: terrorismo, refugiados e desagregação”, com a moderação de  Alfredo Dias e as participações de:
– Gonçalo Matias, ex secretário de Estado Adjunto e para a Modernização Administrativa;
– Monica Ferro, ex secretária de Estado Adjunta e da Defesa Nacional;
– Hermano Sanches Ruivo, vereador da Cãmara de Paris (por vídeo);
17:30/19:30 – Debate “Que Europa queremos para o futuro?”, com a moderação de Luís Rebelo e as participações de:
– Ines Domingos, deputado do PSD na AR;
– Adolfo Mesquita Nunes, vice-presidente do CDS/PP;
– António Marinho e Pinto, eurodeputado do MPT;
– Cláudia Monteiro de Aguiar, eurodeputada do PSD (por vídeo);
– Ana Gomes, eurodeputada do PS (por vídeo);
19.30 – Sessão de encerramento “30 anos de Portugal na Europa”, com as participações de:
– Hugo Lopes, presidente da JSD/Castelo Branco;
– Paulo Rangel, vice-presidente do PPE.
Casa de Espetáculos e da Cultura.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome