Sertã: Galerias ripícolas e açudes do concelho foram beneficiados

Ponte da Valada depois de ter sido intervencionada (Foto: CMSertã)

Os açudes e galerias ripícolas do concelho da Sertã foram alvo de intervenções de beneficiação dos locais, no âmbito de oito candidaturas ao PRODER que receberam um financiamento de mais de 470 mil euros, anunciou a autarquia.

PUB

A beneficiação de galerias ripícolas resultou de oito candidaturas apresentadas, em 2013, ao Proder, Ação 2.3.3.1 – Promoção do Valor Ambiental dos Espaços Florestais, num montante global de 470.341,41€.

As referidas candidaturas foram aprovadas no decorrer do ano de 2014 e os locais foram intervencionados em 2015, com a eliminação da vegetação, através de uma desmatação seletiva (sem impacto ecológico), eliminação de árvores caídas e a remoção de lenhas.

PUB

Posteriormente, procedeu-se à seleção de varas, desbaste e desramações quando necessário, refere o comunicado da Câmara da Sertã.

“O objetivo geral das candidaturas foi a intervenção nas galerias ripícolas, implementando ações de beneficiação, que permitissem a revitalização de 214 hectares das margens das Ribeiras da Isna, Tamolha e Sertã. Relembre-se que estas ações no terreno só podiam ser realizadas fora dos aglomerados urbanos, ou seja, em contexto de espaço natural”, salienta a autarquia.

PUB
serta_PteValeGodinho-depois-montante (Foto: CMSertã)
Ponte Vale Godinho (montante), depois de ter sido intervencionada (Foto: CMSertã)

“As ações tiveram como fundamento a consolidação das margens ribeirinhas, sendo fundamental a preservação das árvores e arbustos com valor ecológico e vigor vegetativo, cujos raizames irão garantir a estabilidades das terras e ao mesmo tempo permitir uma adequada circulação das águas no leito das ribeiras”, refere a mesma nota de imprensa.

Ao nível dos açudes, foram realizados trabalhos de desassoreamento em dois açudes na Ponte das Portelinhas, recorrendo aos recursos da própria Câmara Municipal. Na localidade de Carga, foi iniciada a construção do açude e ponte de ligação entre as margens, prevendo-se a sua conclusão no decorrer do próximo mês, a tempo de ficar operacional para integrar o dispositivo de combate a incêndios deste ano.

A autarquia da Sertã informa ainda que, ao longo de 2016, serão concluídos os trabalhos na Ribeira da Sertã (em três troços distintos), “que foram iniciados na mesma altura mas, devido à rápida subida do caudal causada pela pluviosidade, não puderam ser intervencionados”.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here