Sertã: Fontanário do Brejo da Correia com valores de alumínio “preocupantes”

José Tavares Fernandes, Delegado de Saúde Pública do Concelho da Sertã, durante a reunião de Câmara de 13 de abril onde alertou para os níveis de alumínio no fontanário de Brejo da Correia (Foto: mediotejo.net)

A água do fontanário do Brejo da Correia, localidade da União de Freguesias de Cernache do Bonjardim, Nesperal e Palhais, tem registado, nos últimos anos, níveis de alumínio que o Delegado de Saúde Pública do Concelho da Sertã, José Tavares Fernandes, considera “preocupantes”, salientando, no entanto, que não há motivo para alarmismos.

PUB

O assunto foi abordado durante a última reunião da Câmara da Sertã quando, no período destinado à intervenção do público, José Tavares Fernandes pediu a palavra e alertou para esta situação, dizendo, contudo, que “não há aqui alarmismos” e recomendando à autarquia que “sejam tomadas medidas para melhorar a qualidade da água fornecida à população e reforçar as medidas de controlo da qualidade da água, com análises mais regulares para melhorar o conhecimento e acompanhamento da situação”.

O Delegado de Saúde Pública do Concelho da Sertã referiu que “no sistema de Brejo da Correia tem-se verificado uma aparente tendência temporal para o aumento dos valores de alumínio desde 2011, atingindo 0,9 mg/l na última medição em 2016”, sendo que o valor paramétrico estabelecido pela legislação em vigor é de 0,2mg/l.

PUB

José Farinha Nunes, presidente da Câmara Municipal da Sertã, reconheceu que aquele é um dos casos mais problemáticos do concelho e que serão irão ser tomadas medidas imediatas para resolver a situação e que é intenção da autarquia “ligar essa zona com água da Barragem do Cabril”, no âmbito de uma candidatura a apoios financeiros.

José Tavares Fernandes referiu ainda que vai solicitar “junto dos médicos de família do concelho as patologias que as pessoas têm porque em caso de problemas renais, temos de avisar as pessoas para não consumirem aquela água”.

PUB

Fernando Silva Farinha, vereador responsável pelos pelouros do Ambiente e Serviços Urbanos, referiu que “o problema é na origem, é a mina” e garantiu que “esta obra vai ser começada antes da candidatura, com a construção de um novo depósito e uma conduta simples para a localidade ser abastecida através do Depósito dos Concelhos e depois de vir a candidatura reforçar todo o abastecimento na zona”.

“É um problema que já vem de algum tempo e que queremos resolver”, salientou Fernando Silva Farinha dizendo ainda que “a água da mina sempre foi monitorizada mas ultimamente os valores aumentaram” e que “os habitantes consomem água própria”.

Perante o alerta deixado pelo Delegado de Saúde Pública do Concelho da Sertã foram várias as reações dos membros do executivo camarário, tendo Jorge Coluna, vereador do PSD, chegado a sugerir o fecho da mina de água e José Ramos Moreira, vereador do PS, salientou que “ a autarquia tem o dever imperativo de criar medidas cautelares e imediatas, com eficácia, a partir de hoje, para aquela população”, sugerindo também que seja feito um levantamento das pessoas na localidade que façam hemodiálise para serem alertadas para o não consumo da água do fontanário.

José Tavares Fernandes sugeriu à autarquia que seja colocada uma placa no fontanário a informar que está imprópria para consumo e o vereador Rogério Fernandes informou que “estão a ser feitas 30 placas nos estaleiros da autarquia para colocar naquele e noutros locais”.

Rogério Fernandes sugeriu a colocação de uma conduta mesmo por cima da terra para o abastecimento de água à localidade de Brejo da Correia e José Farinha Nunes garantiu que “vamos arranjar uma solução com a maior brevidade possível”.

PUB

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here