- Publicidade -

Sertã | FIBS regressa com músicos da terra e da Terra

A praia fluvial da Sertã recebe a segunda edição do FIBS – Festival Internacional de Bandas na Sertã, organizado pelo Clube da Sertã em colaboração com o produtor musical londrino, Paul Michelmore, residente no concelho. Músicos da terra e da Terra vão pisar o palco esta sexta-feira e sábado, dias 22 e 23 com ritmos de todo o mundo.

- Publicidade -

Do folk às concertinas, do contrabaixo ao Drum n Bass, dos cavaquinhos ao jazz e da fanfarra à música dos Balcãs, entre outros. As sonoridades variam entre os concertos de sexta-feira, das 19h00 às 02h00, e os de sábado, entre as 16h00 e as 02h30. Os artistas do concelho vão andar pela praia fluvial nos dois dias e também têm a “responsabilidade” de fazerem as despedidas.

FIBS 2018 – FARAFI

Farafi – Goa / Berlim.O projeto Farafi nasceu de um encontro animado entre Darlini e Joy só sendo possível pela junção de vivências de uma fantástica vida por todo mundo.Misturando a música africana, as influências do Oriente Médio e uma banda internacional que se encontravam nos arredores de Goa, na Índia, criaram uma banda multicultural que atravessa fronteiras e une os povos.Não percam a rara oportunidade de os ver e ouvir na Sertã!Género de música mundial, vibração africana, exotismo do oriente.A banda teve a sua origem em Arambol, bem perto de Goa na Índia. Atualmente tem como sede Berlim.Liderados por duas belas e exóticas cantoras de ascendência Americana e India/França e misturam sonoridade africana com os sons do Oriente Médio. Segundo as próprias, usamos a música africana como base para criar um sabor harmónico único. Trabalhamos como uma dupla (Joy e Darlini), mas também tocamos com uma banda que se formou na Índia, com baixo, guitarras, percussão e lira Queremos trazer esses novos sons para a Europa.Os Farafi são um projeto baseado na fusão musical. Misturam as cores da música africana tradicional com música folclórica contemporânea.Darlini Singh Kaul & Joy Tyson estão no centro dos Farafi e criam uma coleção eclética de músicas tradicionais, antigas e originais.Estas vocalistas são muito experientes estão em constante colaboração com uma plataforma de colegas músicos que ajudam a construir um mundo musical novo e dinâmico.Membros da banda: Darlini Singh Kaul | Joy Tyson | Max Schedrovitzki | Moshe Zehave | Pablo Domingez | Ayoze Lopez | Bubu Jah Tooth |Lior Belash |Madhav |Mama bass|Fermin | Ilya Christov

Publicado por FIBS 2018 em Sexta-feira, 1 de Junho de 2018

- Publicidade -

A música do grupo Farafi (Goa / Berlim) parte das sonoridades africanas e dá a volta ao mundo

O programa arranca com o concerto de Ruth Gordon (Londres / Reino Unido), às 19h00 desta sexta-feira, ao qual seguem as “Trovas & Cantares” (Sertã), às 20h30, Young Waters (Londres / Reino Unido), às 22h00, Farafi (Goa / Berlim), às 23h30, Ushti Baba (Bristol / Reino Unido), à 1h00, e o Grupo de Concertinas da Sertã, às 2h00.

Ruth Gordon regressa no domingo, pelas 17h00, partilhando o programa deste dia com oito nomes locais e internacionais. O primeiro a atuar é o Grupo de Cavaquinhos do Clube da Sertã, às 16h00, e até à hora de jantar também passam pelo palco Kerry Ann Jangle (Londres / Reino Unido) às 18h00, e Root & Branch (EUA / Reino Unido), às 19h30.

Senhora do Almortão: excerto de um dos temas que figurará no meu próximo trabalho "СОNТЯА – Contemporânea Tradição".(Amanhã irei tocá-lo no Convívio em Guimarães ;)

Publicado por Miguel Calhaz em Sexta-feira, 27 de Abril de 2018

O músico sertaginense Miguel Calhaz apresenta temas do novo “СОNТЯА – Contemporânea Tradição”

Depois do piquenique, grelhados e sardinhas anunciados no cartaz, estão previstos os concertos de Vincent Mccallum (Escócia / Portugal) às 20h45, Miguel Calhaz (Sertã), às 22h00, Shisko Disco (Himalaias / Levante), às 23h30, Wanton String Band (EUA / Reino Unido), à 01h00, e a banda Brass Fusion (Sertã), às 02h30.

A associação Terra 01 C.R.L. junta-se ao FIBS 2018 no sábado com o “Roteiro de Sartago”, cujos pontos de partida e de chegada são na praia fluvial da Sertã. O passeio tem início às 10h00 nas piscinas municipais e o itinerário abrange diversos pontos históricos da vila. As inscrições são pagas e obrigatórias, dando direito a um guia.

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).