Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Outubro 23, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sertã | Festival do Maranho convida a saborear o que o concelho tem para oferecer (c/video e fotos)

A Alameda da Carvalha ganha outro sabor por estes dias uma vez que acolhe o certame onde o Maranho é rei. A gastronomia sertaginense é evidenciada através das dezenas de expositores e tasquinhas presentes, atraindo todos a vir provar as iguarias do concelho ao som de boa música, num programa diverso, para todos os gostos. A oitava edição do Festival de Gastronomia do Maranho já arrancou, e é para o autarca José Farinha Nunes “uma aposta ganha”, inserida numa estratégia muito virada para o turismo gastronómico. “É um evento com projeção nacional, onde o concelho da Sertã mostra tudo o que tem de melhor”, disse o autarca.

- Publicidade -

Perante múltiplos representantes de entidades locais ou regionais, autarcas vizinhos, presidentes de junta, deputados municipais e comunidade em geral, José Farinha Nunes (PSD) abriu na quinta-feira a sessão inaugural do certame reconhecendo que a gastronomia sempre assumiu no concelho “um papel decisivo na história do nosso povo”, uma vez que “sucessivas gerações experimentaram e aperfeiçoaram técnicas de confeção, ligando receitas e iguarias, que hoje são parte do nosso património cultural”.

Neste sentido, “os maranhos são os mais fiéis depositários desse património ancestral, com mais de dois séculos de existência. É esse património único e inigualável que invocamos no Festival de Gastronomia do Maranho, na sua oitava edição”, disse.

- Publicidade -

José Farinha Nunes crê esta edição tem “um programa ambicioso e variado, dirigido a todo o tipo de públicos, não esquecemos ninguém, porque o Festival prima pela inclusão com diversas atividades desportivas, culturais e recreativas agendadas”.

Para o autarca, este certame vem na senda da estratégia inserida na promoção do turismo gastronómico, que “é uma das melhores maneiras de descobrir a cultura e o estilo de vida de uma vasta região, que envolve o Pinhal e o Médio Tejo”. Tempo ainda para deixar uma palavra de “estímulo e apoio para que se ative a Confraria do Maranho” deixando indicação que a Associação de Desenvolvimento Local – Pinhal Maior poderá ser um parceiro neste passo.

“A sustentabilidade do nosso turismo enquanto modelo de negócio é algo que nos preocupa, daí que mantenhamos um diálogo constante com os diversos empresários da região, no sentido de definir os melhores caminhos e medidas para um desenvolvimento mais equilibrado e que responda na medida do possível às necessidades de todos”, frisou, notando a crescente onda turística no concelho, ainda que tendo noção de que não existem “fórmulas mágicas hoje em dia para o crescimento do turismo, apenas muito trabalho, esforço e dedicação”, sendo Portugal um “bom exemplo”, e cuja estratégia nacional se faz sentir na região.

José Farinha Nunes, autarca da CM Sertã, e o deputado Manuel Frexes. Foto: mediotejo.net

O autarca sublinhou que “a defesa do turismo no interior do país, como fator de desenvolvimento e competitividade” e deixou um apelo “para que se continue a olhar o interior com atenção redobrada, criando as condições para que as nossas empresas cresçam, e consolidem os seus negócios”.

Também presente na sessão, e após o cancelamento da visita da Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho até então prevista, esteve o deputado do PSD eleito pelo círculo eleitoral de Castelo Branco, Manuel Frexes.

Recentemente reeleito líder da Distrital do PSD de Castelo Branco, Manuel Frexes referiu a importância de “promover o território e a cultura, e aquilo que diferencia cada concelho”.

“A estratégia de apostar em produtos diferenciadores no sentido de promover a economia local e os nossos concelhos, é uma estratégia notável e tem dado excelentes resultados”, afirmou, acrescentando que esta promoção aliada “a redes de alojamento, redes de turismo e sobretudo à cultura e hábitos, usos e costumes” constitui uma forma de afirmação e de atrair novos visitantes ao território, tendo por base “a matriz hospitaleira e acolhedora”.

O ex-autarca do Fundão mencionou ainda os problemas que continuam a assolar de forma vincada o Interior do país, que surgem das assimetrias, perda de população e envelhecimento populacional.

Durante a visita inaugural ao certame com toda a comitiva. Foto: mediotejo.net

Preocupado com o futuro da região e do país, com cada vez mais concelhos que a lidar com drástica redução de população jovem e a ficarem desertificados, Manuel Frexes entende que a esperança reside na aplicação efetiva de medidas legislativas que venham contrariar este ciclo, que contribuam nomeadamente para “criar um estatuto fiscal que favoreça o Interior e a vinda das empresas e a sua fixação”, bem como beneficiando “as pessoas singulares e profissões estratégicas”, não descurando “incentivos às empresas, que em vez de se fixarem no Litoral, sobretudo investimento estrangeiro, se queiram fixar no Interior”.

Ponto assente é também a tomada de posição perante “o pesadelo” na vida da comunidade, referindo-se à constante aposta do atual governo no encerramento de serviços públicos, bem como a deterioração da qualidade na prestação de serviços básicos, como saúde, educação e segurança social.

“Quanto mais vulneráveis estamos, quando mais precisamos da presença do Estado, mais o Estado nos vira as costas, deserta e nos deixa entregues a nós próprios”, terminou, congratulando o autarca sertaginense José Farinha Nunes por apostar “naquilo que diferencia o seu concelho e a sua comunidade, no sentido de atrair mais visitantes, assim como as parcerias feitas no sentido de afirmar a sua economia local. É a estratégia correta”, ainda que reconheça que “sozinho” o autarca “não consegue contrariar, no seu todo, este movimento de empobrecimento e envelhecimento do território”.

Sertã – abertura oficial da oitava edição do Festival de Gastronomia do Maranho, na Alameda da Carvalha. Decorre até dia 15 de julho.

Publicado por mediotejo.net em Quinta-feira, 12 de Julho de 2018

Vídeo: Abertura oficial com o Presidente da CM Sertã, José Farinha Nunes, e com o Deputado Manuel Frexes, eleito pelo círculo eleitoral de Castelo Branco e reeleito líder da Distrital do PSD.

A festa continua com Rosinha, Quim Barreiros, Virgul e HMB
Este sábado, dia 14, a manhã é direcionada para as atividades desportivas: às 9 horas iniciaram-se a Corrida e a Caminhada do Maranho. Às 10 horas, realizou-se a Mega Aula de Zumba. Às 13h00 prossegue a animação de rua com Vai de Ronco. Às 15h00 inicia-se a tarde musical com o Rancho Folclórico e Etnográfico de Cernache do Bonjardim, Rancho da APPACDM Sertã (Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental), Rancho Folclórico de Pedrógão Pequeno e Escola de Acordeão da Sertã. Às 19h00 horas prossegue a animação de rua. Os concertos começam a partir das 22h00 com a banda Red e depois atua Virgul. A noite termina a cargo de Dj Hugo Rafael.

No último dia de festival, domingo, às 13h00, inicia-se a animação de rua com Kumpania Algazarra, seguindo-se pelas 15h00 a atuação do Grupo de Concertinas da Sertã, do Grupo de Animação Seca Adegas, a Tocata do Rancho Folclórico de Pedrógão Pequeno, o Rancho Folclórico e Recreativo do Clube Bonjardim, e Farra Minhota. Às 19 horas é retomada a animação de rua e às 22h00 inicia-se o último concerto desta edição do festival com os HMB, que fecham o certame à meia-noite com o espetáculo piromusical.

Fotogaleria com registos da cerimónia de abertura e visita inaugural:

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome