Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Julho 31, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sertã: Edifício do Centro de Saúde poderá vir a ser adaptado a cuidados continuados

Se a construção do novo Centro de Saúde da Sertã, a erguer num terreno junto aos bombeiros, tiver luz verde do Ministério da Saúde o atual edifício poderá vir a ser adaptado para funcionar como um centro de cuidados continuados.

- Publicidade -

A ideia foi avançada pelo presidente da Câmara Municipal da Sertã, José Farinha Nunes, no decorrer da última reunião do executivo camarário, que se realizou esta quarta-feira, dia 20, quando se discutia a localização do novo Centro de Saúde da Sertã.

O assunto desencadeou-se quando, no período antes da Ordem do Dia da reunião de Câmara, o vereador Vítor Cavalheiro (PS) questionou a autarquia sobre o motivo das movimentações de terras que estão a decorrer no terreno junto ao quartel dos Bombeiros Voluntários da Sertã ao que José Farinha Nunes respondeu que “aquele terreno será para implantar o Centro de Saúde da Sertã”.

- Publicidade -

Perante a resposta, Vítor Cavalheiro questionou o presidente da autarquia se este está confiante na concretização do novo edifício do Centro de Saúde da Sertã, sendo que José Farinha Nunes referiu que “se este projeto não for para a frente será um grande erro”.

Na ocasião, o vereador do PS referiu que anteriormente também era um defensor da construção do novo Centro de Saúde naquele espaço junto aos bombeiros mas que “hoje não o defendo, sabem que defendo a requalificação do atual espaço”, salientou Vítor Cavalheiro.

O vereador do PS reconheceu que “as atuais instalações não estão em condições mas que servem para ser recuperadas e para dar um bom centro de saúde”. Perante estas afirmações, o presidente da autarquia referiu que tem dúvidas de que “fique uma requalificação bem feita” e que “a recuperação do atual edifício não vai resolver o problema porque há ali erros de construção grandes”.

Vítor Cavalheiro questionou o presidente se, então, o atual edifício do centro de saúde é para deitar abaixo ao que José Farinha Nunes referiu que “para resolver os problemas de construção tem de se deitar pilares abaixo” e que as áreas ali existentes são pequenas para o uso do centro de saúde. “O atual edifício do Centro de Saúde da Sertã pode ser recuperado e adaptado para albergar um centro de cuidados continuados”, exemplificou o presidente da autarquia.

O vereador do PS defende que o atual edifício “pode ser perfeitamente recuperado e aplicado a centro de saúde, em termos de engenharia, hoje tudo é perfeitamente possível de ser requalificado”, referiu Vítor Cavalheiro.

Por sua vez, o vereador José Ramos Moreira (PS) salientou que quando o atual Centro de Saúde foi construído “a Sertã tinha uma população de 30 mil habitantes e hoje tem 15 mil habitantes” e que nos próximos anos não há perspetiva de crescimento da população do concelho.

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome