Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quarta-feira, Agosto 4, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sertã: Deputado Nuno Melo pede Serviço de Urgência Básico para o concelho

A criação do Serviço de Urgência Básico (SUB) e a instalação de uma ambulância SIV – Suporte Imediato de Vida no concelho da Sertã foram dois dos serviços reclamados pelo deputado Nuno Melo (PSD) durante a última sessão da Assembleia Municipal da Sertã.

- Publicidade -

Durante a última sessão da Assembleia Municipal da Sertã, realizada a 24 de setembro, Nuno Melo (PSD) interveio para defender a criação de um Serviço de Urgência Básico neste concelho que, segundo referiu este deputado, chegou a estar definida pela Unidade Local de Saúde de Castelo Branco. “Este despacho não foi cumprido pela ULS de Castelo Branco e a necessidade mantém-se”, salientou Nuno Melo.

Por outro lado, o eleito do PSD questionou ainda por que motivo não foi instalada na Sertã uma ambulância SIV – Suporte Imediato de Vida que “poderia ter evitado muitas mortes caso já tivesse sido instalada neste concelho”, referindo-se à ambulância SIV que está instalada no Avelar e que, em muitos casos, “não chega a tempo ao concelho da Sertã”.

- Publicidade -

Nuno Melo sugeriu que executivo camarário solicite ao Ministério da Saúde um estudo sobre a instalação na Sertã do SUB e de uma ambulância SIV, avaliando se a presença desta no concelho já poderia ter evitado mortes.

“Que o novo Centro de Saúde da Sertã preveja nas suas instalações um local para o funcionamento do SUB”, desejou Nuno Melo.

José Farinha Nunes, presidente da Câmara Municipal da Sertã, referiu que também é da opinião de ter ali um SUB, mas que “não cabe à autarquia definir essa situação”.

A propósito das obras que irão ser efetuadas no edifício do atual Centro de Saúde, o presidente da autarquia da Sertã anunciou que, para o terreno onde estava previsto construir o novo centro de saúde, “já há uma empresa interessada, também na área da saúde, que implica a criação de 27 postos de trabalho”.

Sobre a presença de uma ambulância SIV, José Farinha Nunes referiu que também concorda com a existência de uma no concelho para uma melhor qualidade de vida das pessoas.

Recorde-se que no Plano Estratégico Municipal da Sertã é referida a necessidade de melhorar a quantidade e funcionamento dos serviços de saúde na Sertã.

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome