Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Julho 27, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sertã | Congresso internacional no Centenário do Padre Manuel Antunes

A Câmara Municipal da Sertã é um dos três locais que acolhe o Congresso Internacional “Repensar Portugal, a Europa e a Globalização” entre os dias 2 e 6 de novembro, integrado no Centenário do Padre Manuel Antunes. A iniciativa tem início na Assembleia da República esta sexta-feira com a presença de Marcelo Rebelo de Sousa e passa pela região do Médio Tejo com diversos oradores e um dia de socialização antes de seguir para a Fundação Calouste Gulbenkian.

- Publicidade -

O programa do fim-de-semana começa pelas 09h00 de sábado, dia 3 – data em que o padre jesuíta, professor universitário e ensaísta faria 100 anos – no Salão Nobre da Câmara Municipal e Paulo de Assunção, Universidade Presbiteriana Mackenzie, assume o papel de presidente de mesa enquanto Miguel Real, da Universidade de Lisboa, aborda a filosofia como “espaço de espírito”.

De seguida têm início a primeira das quatro sessões temáticas da manhã dividias entre o Salão Nobre e o Salão da Assembleia. No primeiro local, os oradores falam sobre “Padre Manuel Antunes: Trajetos, Vivências e Causas” às 09h30 e “Política, Moral e Revolução: Temas e Problemas” às 11h00. No segundo, nos mesmos horários e pela mesma ordem, os temas abordados são “Padre Manuel Antunes: Trajetos, Vivências e Causas” e “Temas e Problemas da Cultura Portuguesa”.

- Publicidade -

Os participantes do congresso internacional passam pela Câmara Municipal da Sertã no fim-de-semana. Foto: mediotejo.net

Após o almoço, pelas 14h30, é Miguel Real, da Universidade de Lisboa, que assume a presidência da mesa enquanto os participantes ficam a conhecer a apresentação “Repensar Portugal: A importância dos partidos na iniciação política dos jovens segundo o Padre Manuel Antunes”, preparada por José Rosa, da Universidade da Beira Interior. Os oradores de todo o país também regressam ao Salão Nobre e ao Salão da Assembleia para três sessões temáticas.

No Salão Nobre debatem-se “Questões Atuais, Questões Globais” a partir das 15h00 e “Empreendedorismo, Educação e Globalização” pelas 16h45 e no Salão da Assembleia reflete-se sobre “Educação e Renovação Pedagógica em Chave Global”, às 15h00. O encerramento está marcado para as 18h30, com Paulo de Assunção, da Universidade Mackenzie, como presidente de mesa e a intervenção de Januário da Costa Gomes, da Universidade de Lisboa, sobre “A (tão) serena (quão firme) demanda da justiça social em Manuel Antunes”.

O concerto em Memória do Padre Manuel Antunes, pelas 19h30, antecede as despedidas do primeiro dia em que os participantes da conferência internacional marcam presença na Sertã. No domingo têm à sua espera um programa social, a partir das 10h00, que os leva numa visita guiada aos lugares históricos e antunesianos do concelho e um almoço de confraternização.

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here