Sertã | Cinco nadadores nos Campeonatos Nacionais de Juvenis

Os cinco nadadores do CCD Sertã. Foto: DR

Representado por cinco nadadores, o CCD Sertã participou nos Campeonatos Nacionais de Natação de Juvenis e de Absolutos, competição que decorreu na Piscina da Penteada do Funchal de 1 a 4 de agosto.

PUB

Participaram na prova 726 nadadores em representação de 109 clubes, entre os quais as juniores Laura Catarino e Marta Matias e os juvenis Francisco Matias, Inês Caetano e Daniela Neves, da Sertã. Refira-se que em edições anteriores o clube apenas tinha levado no máximo dois nadadores a estes campeonatos.

Nas eliminatórias do primeiro dia, a abrir a representação da Sertã esteve a Marta Matias nos 50 mariposa classificando-se em 49º como tempo de 31,29. Seguiu-se o Francisco Matias nos 100 bruços com um novo recorde pessoal de 1:14,10 e o 34º lugar. Fechou este dia a capitã de equipa, a Laura Catarino com uma excelente prestação nos 50 costas com 30,15 e o 17º lugar que lhe deu acesso à final B, na qual a nadadora conseguiu ainda melhorar o seu tempo para 32,02, subindo um lugar na classificação final para o 16.º.

PUB

No segundo dia apenas esteve em competição a Laura Catarino, desta feita nos 200 costas, onde obteve novamente o 17º lugar com 2:31,82. Esta marca nos 200 costas e a dos 50 costas no dia anterior representam dois novos recordes de clube e da ANIC (swimranking). A final B dos 200 costas não correu tão bem, tendo piorado para 2:34,00 correspondente ao 19º lugar.

Na terceira jornada, todos os cinco nadadores estiveram em acção. Começou a Daniela Neves nos 100 mariposa com 1:12,70, 31º lugar. Seguiu-se o Francisco Matias nos 200 bruços com 2:44,73 em 44º. Já nos 50 livres a Marta Matias fez o 49º lugar com 31,29. Nos 100 costas, a Inês Caetano ficou em 34º com 1:15,48 e a Laura Catarino garantiu mais uma final, novamente com o 17.º lugar 1:10,30. Na final B a Laura melhorou esta marca para 1:09,97, 16.º da classificação final.

PUB

Apesar da quantidade de recordes pessoais ter ficado um pouco abaixo do esperado, a representação do CCD Sertã nestes Campeonatos salda-se positiva, dado que todos os nadadores estão no primeiro ano dos seus escalões, tendo nadado muito próximo dos seus melhores tempos. Extraordinária foi a participação da Laura Catarino que, apesar de estar no primeiro ano de júnior, esteve sempre entre as 20 melhores nadadoras nacionais juniores e seniores, garantindo a presença em três finais B e discutindo as mesmas sempre até ao final. Refira-se que os campeonatos foram bastante competitivos, tendo-se registado um total de 13 novos recordes Nacionais.

Para além dos nadadores, a Sertã esteve também representada por Rui Antunes, Delegado à prova do Conselho Nacional de Arbitragem. O Interior Centro esteve também representado nestes campeonatos por três nadadores do Fundão, dois de Castelo Branco, um da Ponte de Sor e três de Elvas. O destaque nesta comitiva do interior vai para a Maria Alexandra Marques do Albicastrense, nadadora que integra o Centro de Alto Rendimento da FPN, e que conquistou o primeiro lugar nos 200 mariposa em juvenis. Também em bom plano esteve o juvenil Ricardo Pereira, em infantil foi nadador da Sertã, que venceu os 100 e os 200 bruços.

Em jeito de balanço, o CCD Sertã realça que a participação nos Campeonatos Nacionais no Funchal “fechou uma época bastante longa, mas também repleta de boas prestações para os sertaginenses nos campeonatos regionais, no regional de clubes, nos torneios zonais e nos campeonatos nacionais, terminando com um total de oito nadadores de nível nacional (três infantis, três juvenis e dois juniores)”.

Até ao final de agosto, embora seja tempo de férias, a natação prossegue com a participação do Master Hugo Afonso no Circuito de Mar do Algarve.

 

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here