Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Domingo, Setembro 19, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sertã | Cernache do Bonjardim comemora 66 anos de elevação a vila

O dia 20 de agosto de 1955 é uma data histórica para Cernache do Bonjardim, no concelho da Sertã, porque foi nesse dia que passou de aldeia a vila. A elevação de estatuto vai ser assinalada nos dias 20, 21 e 22, através de uma iniciativa conjunta do Município da Sertã, União de Freguesias de Cernache do Bonjardim, Nesperal e Palhais e do Clube Bonjardim.

- Publicidade -

As comemorações do 66º aniversário têm início na sexta-feira, 20 de agosto, às 17:00, com a abertura da exposição “Nuno Álvares Pereira: evidências e legado no concelho da Sertã”, no Ateliê Túllio Victorino. Às 17:30 decorre a apresentação e abertura do Polidesportivo do Clube Bonjardim, frente à antiga Escola Primária. A partir das 18:30 o Auditório da União de Freguesias, em Cernache do Bonjardim, acolhe a cerimónia de homenagem a Vasco Nunes (Campeão Regional de Ténis Sub12), seguindo-se a entrega do Prémio Dr. Antunes da Silva ao aluno da União de Freguesias que ingressou com a melhor média no Ensino Superior em 2020/2021.

No dia 21 de agosto, o Jardim da Memória, em Cernache do Bonjardim, vai ser palco do concerto de Tiago Silva, a partir das 21:30, a ser também transmitido em direto nas plataformas digitais do Município da Sertã. A 22 de agosto, as comemorações da elevação de Cernache do Bonjardim a Vila encerram com o concerto da Filarmónica União Sertaginense, às 17:00, no Jardim da Memória.

- Publicidade -

A entrada nos concertos é gratuita mediante apresentação de bilhete que deverá ser levantado antecipadamente, até 20 de agosto, na sede da União de Freguesias em Cernache do Bonjardim ou na Casa da Cultura da Sertã. Caso ainda haja disponibilidade de bilhetes, poderão ser levantados no local, uma hora antes do início dos concertos.

Cernache do Bonjardim foi elevada a vila há 66 anos devido ao seu “grande desenvolvimento demográfico e urbanístico e ao notável incremento industrial e comercial”, segundo o livro “História da Sertã”, de Rui Pedro Lopes.

O “facto de a povoação ser servida por boas vias de comunicação e estar dotada de instalações de distribuição domiciliária de água e energia elétrica e de rede telefónica” foram também fatores mencionados no Decreto n.º 40291 da Direção Geral de Administração Política e Civil.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome