Sertã: CCD com novo record nacional no atletismo

O atleta Rodrigo Henriques, do CCD Sertã, conquistou pela segunda vez um record nacional, desta feita no quadruplo salto com a marca de 14,04 metros, na pista de Castelo Branco.

PUB

Este atleta do CCD Sertã tinha já obtido no ano passado o record nacional nos 150m no escalão de infantis, em Leiria, com o tempo de 17.79s.

O projeto de Atletismo do CCD – Centro de Cultura e Desporto do Pessoal da Câmara Municipal Sertã conta com apenas dois anos de existência, tendo iniciado com 12 atletas e neste momento é composto por 35 atletas nos diversos escalões.

PUB

Durante a época desportiva que está a decorrer, o CCD Sertã já esteve presente em diversas provas como o 17.º Grande Prémio Rota das Castanhas em Sarzedo, a 3.ª Corrida São Silvestre em Castelo Branco, assim como diversos torneios de pista descoberta e coberta. Nessas mesmas provas o CCD tem demonstrado que é um clube em franco crescimento tanto em termos de resultados como em número de atletas.

Recorde-se que diversos atletas do CCD Sertã foram premiados na Gala do Troféu Gazeta Atletismo 2015, que se realizou no mês passado. Reportando-se ao desempenho na época passada, os prémios foram atribuídos a Rodrigo Henriques, Catarina Silva, Elisa Lopes, Andreia Marçal e Roberta Pereira.

PUB
Margarida Serôdio
Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).