PUB

Sertã | Casas reconstruídas após incêndios de 2017 entregues pela CCDRC

De um total de sete habitações permanentes atingidas pelos fogos de 2017, duas foram entregues aos proprietários, reconstruídas e aptas para um novo começo de vida. Foram entregues as chaves das habitações na Macieira, freguesia do Troviscal, e em Sobral, freguesia da Várzea dos Cavaleiros, no concelho da Sertã esta segunda-feira, dia 4 de fevereiro.

PUB

Os proprietários contaram com a presença de Ana Abrunhosa, presidente da CCDRC (Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro) e José Farinha Nunes, presidente da Câmara Municipal da Sertã.

José Farinha Nunes, em nota de imprensa, “mostrou-se bastante satisfeito pelo trabalho realizado na reconstrução das habitações que, por sua vez, possibilita aos proprietários o regresso às suas vidas com mais motivação e conforto”.

PUB

Já a presidente da CCDRC, “referiu estar feliz por se poder fazer a diferença na vida de pessoas que se confrontaram com uma tragédia de tão grande dimensão”, lê-se na mesma nota.

Prevê-se que em maio estejam prontas as restantes cinco habitações permanentes, que se encontram ainda em reconstrução, localizadas nas freguesias de Pedrógão Pequeno (três) e Troviscal (duas).

Recorde-se que a reconstrução destas habitações está a decorrer no âmbito do Programa de Apoio a Reconstrução de Habitações Permanentes – PARHP – criado após os incêndios de 15 de outubro de 2017 que, no concelho da Sertã, envolve um valor global de cerca de 490 mil euros para sete habitações atingidas.

A Câmara Municipal da Sertã fez o levantamento de informações no terreno (medições, orçamentos) e tratou da elaboração e submissão das candidaturas à CCDRC, termina a nota de imprensa enviada ao nosso jornal.

PUB
PUB
Joana Rita Santos
Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).