Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Terça-feira, Setembro 21, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sertã | Casa da Cultura homenagea hoje a acordeonista Eugénia Lima

A Casa da Cultura da Sertã recebe este domingo, 27 de novembro, a sexta edição da “Gala Eugénia Lima”. A iniciativa, de entrada livre, é promovida pela Câmara Municipal da Sertã e decorre a partir das 17 horas.

- Publicidade -

A iniciativa pretende homenagear postumamente a consagrada acordeonista Eugénia Lima e promover o acordeão, instrumento típico da Música Popular Portuguesa. A gala conta com a participação de Tino Costa, Catarina Brilha e José Cláudio da Escola de Acordeão da Sertã, Tiago Pirralho, Andreia Sofia, Grupo de Dança Taconeando e Michel, dançarino francês de sapateado.

Nascida em Castelo Branco em 1926, Eugénia Lima iniciou a sua vida artística aos 4 anos no Teatro Vaz Preto em Castelo Branco. Ao longo da sua carreira, fez vários espetáculos, quer em Portugal, quer no estrangeiro, passando ainda pela televisão.

- Publicidade -

Diplomada com o Curso Superior de Acordeão (categoria de professora) pelo Conservatório de Acordeão de Paris, Eugénia Lima fundou a Orquestra Típica Albicastrense, possui inúmeros discos gravados e compõe temas para vários artistas consagrados.

Foi agraciada com diversos prémios e distinções, de onde se destacam o “Óscar da Imprensa” (1962), “Dama da Ordem Militar de Santiago da Espada” (1980), Diploma Honorífico atribuído pela União Nacional dos Acordeonistas de França (1984), “Mérito Cultural” (1986) e “Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique” (1995). Faleceu a 4 de abril de 2014.

 

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome